sicnot

Perfil

Desporto

Eva Carneiro e Chelsea sem acordo, caso segue para tribunal no final da época

Eva Carneiro e o Chelsea não chegaram a acordo na audiência preliminar que ocorreu hoje, em Londres, e o processo vai mesmo seguir para tribunal. Na base do processo está a entrada da médica em campo para assistir Eden Hazard sem a autorização do técnico português no jogo contra o Swansea City, na jornada inaugural da liga inglesa a 8 de Agosto.

Eva Carneiro após a audiência preliminar com o Chelsea que ocorreu hoje, em Londres.

Eva Carneiro após a audiência preliminar com o Chelsea que ocorreu hoje, em Londres.

© Hannah Mckay / Reuters

O episódio levou ao afastamento da médica de todas as funções na equipa principal, ficou impedida de marcar presença no banco e também de entrar no centro de treinos e hotéis das concentrações.

A médica acusa o clube inglês de ter criado condições impossíveis para continuar no clube e renunciou ao cargo no final de setembro.

Eva Carneiro tem outro processo em andamento contra José Mourinho por alegada vitimização e discriminação. A médica acusa o antigo treinador do Chelsea de ter sido o responsável pelo seu afastamento.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14