sicnot

Perfil

Desporto

Saviola rescinde com o River Plate

O avançado argentino Javier Saviola rescindiu esta quinta-feira com o River Plate, despedindo-se do clube argentino, ao qual regressou em junho de 2015, sem ter marcado qualquer golo.

Saviola estreou-se pelo River Plate aos 16 anos e regressou em junho, nunca tendo sido uma primeira opção para o treinador Marcelo Gallardo.

Saviola estreou-se pelo River Plate aos 16 anos e regressou em junho, nunca tendo sido uma primeira opção para o treinador Marcelo Gallardo.

© Yuya Shino / Reuters

"Depois de analisar a minha situação atual com a equipa técnica tomei a difícil decisão de não continuar a jogar no River Plate. Gostaria de ter tido um final diferente no meu regresso ao River, mas, por vezes, os sonhos não se concretizam", lamentou Saviola, em comunicado.

O antigo jogador do Benfica, de 34 anos, garantiu que abandona o River com a "enorme alegria" de ter regressado ao clube que o viu nascer, de ter conhecido "excelentes colegas" e de ter podido festejar a conquista de "títulos importantíssimos" na companhia dos melhores adeptos.

Saviola estreou-se pelo River Plate aos 16 anos e regressou em junho, nunca tendo sido uma primeira opção para o treinador Marcelo Gallardo. Em 15 jogos, não marcou qualquer golo, no entanto somou dois títulos ao seu palmarés, uma vez que integrou os planteis que conquistaram a Taça Libertadores e a Taça Suruga Bank.

"Obrigada aos meus colegas pelo apoio e à direção por dar-me a possibilidade de regressar. Desejo-lhes o maior êxito. O River estará sempre no meu coração", conclui o texto assinado pelo argentino.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.