sicnot

Perfil

Desporto

Elisabete Jacinto mantém terceiro lugar nos camiões na Africa Eco Race

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto manteve hoje o terceiro lugar da classificação geral na categoria de camiões, no final da oitava etapa da Africa Eco Race, prova todo-o-terreno que liga Marrocos ao Senegal.

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

Elisabete Jacinto (MAN) cumpriu os 403 quilómetros da etapa em 02:12.03 horas, o 20.º registo, tendo mantido para a 14.ª posição da classificação conjunta auto/camião, a 7:29.16 horas do líder, o cazaque Kanat Shagirov (Toyota), e a 3:26.55 horas do primeiro dos camiões, o russo Anton Shibalov (Kamaz).

Ricardo Leal dos Santos (Nissan), que na terça-feira comprometeu as aspirações à luta por lugares cimeiros nos automóveis, depois de uma etapa repleta de problemas mecânicos, terminou hoje em nono entre os automóveis, sendo agora 17.º da geral (14.º entre os automóveis), a mais de 15 horas.

Em motos, José Fernando Sousa Jr. e José Fernando Sousa, ambos em KTM, terminaram hoje em terceiro e quinto lugar, respetivamente.

Na classificação geral, José Fernando Sousa mantém-se em sétimo, a 08:06.39 horas do líder, o norueguês Pal Anders Ullevalseter (KTM), enquanto José Fernando Sousa Jr. está um lugar abaixo, a 08:07.57.

À 11.ª etapa, que se cumpre no sábado, a Africa Eco Race deixa a Mauritânia e ruma ao Senegal, um troço de 548 quilómetros ligando Akjoujt a Saint Louis.

A oitava edição da Africa Eco Race, que teve início em Marrocos termina no domingo na capital do Senegal, Dakar.

Lusa

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.