sicnot

Perfil

Desporto

Stéphane Peterhansel rouba liderança a Sébastien Loeb no Dakar2016

Stéphane Peterhansel (Peugeot) arrebatou hoje a liderança do rali Dakar ao colega Sébastien Loeb, ao vencer a sexta etapa da prova rainha do todo-o-terreno, que nas motos continua a ser liderada por Paulo Gonçalves (Honda).

Franck Fife

O francês Stéphane Peterhansel (Peugeot) percorreu os 542 quilómetros da especial de hoje, com partida e chegada a Uyuni (Bolívia), em 5:01.07 horas, deixando o espanhol Carlos Sainz a apenas 17 segundos.

Dominador nos dias anteriores, o francês Sébastien Loeb não foi além da quarta posição, a 08.15 minutos do seu compatriota, um resultado que lhe valeu a queda ao segundo lugar da geral, a 27 segundos de Peterhansel.

A consistência de Sainz continua a ser insuficiente para o espanhol da Peugeot sair do terceiro lugar da geral, que ocupa a 05.55 minutos do líder, depois de ter sido punido com um minuto de penalização por excesso de velocidade num ponto de controlo.

O campeão em título, Nasser Al Attiyah, segue sem encontrar soluções para fazer o seu Mini acompanhar os homens da Peugeot, mantendo a quarta posição na geral, a distantes 15.19 minutos da liderança.

Nos motos, Paulo Gonçalves (Honda) segurou o primeiro lugar da geral, ao ser terceiro na sexta etapa, ganha por Toby Price.

O 'motard' australiano da KTM alcançou hoje a segunda vitória consecutiva e reduziu para 35 segundos a desvantagem para o português na geral, ao cumprir a especial em 5:51.48 horas, menos 1.05 minutos do que o segundo, o austríaco Matthias Walkner (KTM), e 1.12 do que Paulo Gonçalves.

"Hoje foi uma etapa longa. Estava com dores de cabeça, por isso foi-me difícil manter a concentração. Tentei fazer o melhor possível e no final acabei sem problemas", disse o luso.

Hélder Rodrigues (Yamaha) foi quinto na etapa de hoje, a 5.23 minutos de Toby Price, seguindo no sexto lugar da geral, a 20.12 minutos do português da Honda. Já Ruben Faria (Husqvarna) foi obrigado a abandonar, depois de ter fraturado um pulso, na sequência de uma queda.

Uyuni voltou a ser madrasta para Joan Barreda (Honda), o quarto piloto à partida, que teve um problema mecânico e ainda não cruzou a meta da sexta etapa.

No sábado, a sétima etapa vai percorrer 793 quilómetros, entre Uyuni e Salta, 353 dos quais cronometrados.

Lusa

  • Ruben Faria fratura pulso e abandona prova

    Desporto

    O "motard" português Ruben Faria (Husqvarna) foi hoje obrigado a abandonar o Rali Dakar, depois de ter fraturado um pulso, em consequência de uma queda sofrida durante a sexta etapa da prova rainha de todo-o-terreno.

  • Pagaram 10 libras por diamante que vale milhares

    Mundo

    Há 30 anos um comprador adquiriu um anel de diamantes de 26.27 quilates por apenas 10 libras (cerda de 11 euros) numa feira em Isleworth, no oeste Londres. O proprietário passeou durante três décadas com uma peça que valia cerca de 350.000 libras (407.000€) e não sabia. Confessa que até a usava durante as tarefas domésticas.

    SIC

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.

  • Caçador morre esmagado por elefante

    Mundo

    Um famoso caçador morreu na sexta-feira após ser esmagado por um elefante quando estava a caçar. A morte foi confirmada pelas autoridades do Zimbabué, que adiantaram ainda que o animal foi morto por um dos caçadores do grupo de Theunis Botha.