sicnot

Perfil

Desporto

Vítor Pereira reitera apoio ao teste de tecnologias no apoio aos árbitros

O presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, Vítor Pereira, reiterou esta sexta-feira o apoio aos testes à introdução do vídeo no apoio aos árbitros, concordando com a recomendação do International Board (IFAB).

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

"O CA é favorável a que sejam experimentadas em Portugal as novas tecnologias, nomeadamente o vídeo-árbitro, como forma de apoio aos árbitros na tomada de decisão", afirmou Vítor Pereira, em declarações à Lusa.

Na quinta-feira, o IFAB recomendou ensaios preliminares sobre a introdução de tecnologia vídeo como apoio ao trabalho dos árbitros, decisão que poderá ser ratificada formalmente na próxima reunião da organização, entre 04 e 06 de março, em Cardiff.

"Esta opinião já foi por nós manifestada diversas vezes ao longo do tempo. Somos favoráveis a tudo o que contribua para a credibilidade do futebol. Somos favoráveis a que se faça a experiência e que depois se afiram os seus resultados", rematou Vítor Pereira.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.