sicnot

Perfil

Desporto

Blatter recorre da suspensão de oito anos que lhe foi aplicada

O presidente demissionário da FIFA, Joseph Blatter, vai recorrer da suspensão de oito anos que lhe foi aplicada pelo Comité de Ética daquele organismo, informou este domingo o seu advogado.

Em questão está o pagamento de 1,8 milhões de euros da FIFA a Platini em 2011, alegadamente por trabalhos como conselheiro por este realizado para a FIFA, entre 1999 a 2002, com base num contrato verbal. (Arquivo)

Em questão está o pagamento de 1,8 milhões de euros da FIFA a Platini em 2011, alegadamente por trabalhos como conselheiro por este realizado para a FIFA, entre 1999 a 2002, com base num contrato verbal. (Arquivo)

© Denis Balibouse / Reuters

"Iremos recorrer, seguramente", disse Richard Cullen, advogado norte-americano de Blatter, depois de o Comité de Ética da FIFA ter revelado as razões para a suspensão de oito anos aplicada a Blatter e ao presidente da UEFA, Michel Platini.

O advogado deste já tinha anunciado no sábado que Platini, que renunciou a candidatar-se à presidência da FIFA na sequência deste processo, iria recorrer da decisão do Comité de Ética, depois de esta instância ter renovado as acusações de "abuso de confiança, de conflito de interesses e gestão desleal" feitas contra os dois dirigentes em causa.

Em questão está o pagamento de 1,8 milhões de euros da FIFA a Platini em 2011, alegadamente por trabalhos como conselheiro por este realizado para a FIFA, entre 1999 a 2002, com base num contrato verbal.

Lusa

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.