sicnot

Perfil

Desporto

Jovem promessa Dele Alli renova com Tottenham por cinco anos

A jovem promessa do futebol inglês Dele Alli renovou contrato com o Tottenham por cinco anos e irá permanecer em White Hart Lane até 2021, anunciou hoje o clube londrino, atual quarto classificado da Liga inglesa de futebol.

Matt Dunham

Alli, de 19 anos, transferiu-se o ano passado para o Tottenham por cinco milhões de libras (6,7 milhões de euros), proveniente do Milton Keynes Dons, que compete no terceiro escalão do futebol inglês, e o seu desempenho esta época tem feito furor, pelas exibições e pelos cinco golos que já marcou em 18 partidas.

O versátil médio-centro do 'Spurs', de 19 anos, estreou-se também pela seleção principal de Inglaterra, tendo marcado logo na estreia em novembro último, na vitória por 2-0 no jogo particular frente à França.

"Estou muito feliz. O clube tem sido fantástico desde que eu aqui cheguei. Temos um grande equipa, muito jovem, à qual auguro grande futuro", disse Alli numa entrevista em vídeo publicada na página do Tottenham na internet.

Alli assinou pelo clube londrino em janeiro de 2015, transferido do Milton Keynes Dons, ao qual foi emprestado de seguida para continuar a evoluir na 'League One' até ao final da época passada, e fez a sua estreia na 'Premier League' frente ao Manchester United, tendo já participado em 26 jogos pelo Tottenham na época em curso.

Inicialmente utilizado ao lado do ex-sportinguista Eric Dier como médio defensivo, Alli subiu no terreno e tem jogado nas últimas semanas na posição 'dez' por decisão do treinador Maurício Pochettino.

"É uma boa notícia para nós e para ele. Depois do que fez nos últimos seis meses, merece melhorar o salário e o contrato. Conseguiu alcançar o nível dos seus companheiros, agora é internacional e joga regularmente na primeira equipa do Tottenham", afirmou Pochettino em conferência de imprensa.

Dele Alli tem grandes possibilidades de integrar o lote de convocados do selecionador inglês Roy Hodgson para a fase final do Euro2016, em França.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas. Num despacho enviado à companhia aérea que os transportou, tanto o jornalista como o repórter de imagem são considerados "inadmissíveis no território da Venezuela".

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25
  • Costa alerta para "condições particularmente adversas"
    1:47

    País

    O primeiro-ministro alertou para a possibilidade de novos incêndios de grandes dimensões, muito por causa da situação de seca que grande parte do território atravessa. António Costa pediu aos portugueses um "particular cuidado com todos os comportamentos de risco".

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.