sicnot

Perfil

Desporto

Lamar Odom sem vestígios de substâncias ilícitas nos exames médicos

As autoridades que investigaram o ex-basquetebolista Lamar Odom, encontrado inconsciente há três meses num bordel, informaram segunda-feira não terem encontrado vestígios de drogas nas análises ao bicampeão da Liga Norte-americana de Basquetebol pelos Los Angeles Lakers.

Odom representou os Lakers entre 2004 e 2011, tendo deixado temporariamente a NBA em 2013, após uma época ao serviço dos Los Angeles Clippers. (Arquivo)

Odom representou os Lakers entre 2004 e 2011, tendo deixado temporariamente a NBA em 2013, após uma época ao serviço dos Los Angeles Clippers. (Arquivo)

© Lucas Jackson / Reuters

Lamar Odom, que se sagrou campeão pela equipa californiana em 2009 e 2010, foi internado de urgência em outubro depois de encontrado inconsciente num bordel do Nevada, nos Estados Unidos, ficando internado num hospital de Las Vegas.

Três dias depois do internamento, Odom saiu do estado de coma e começou a comunicar com a equipa médica que o acompanhava.

As autoridades policiais do condado de Nye revelaram agora que não foram encontrados vestígios de substâncias ilícitas em todos os exames realizados ao jogador, abortando a suspeita de consumo de cocaína.

Odom representou os Lakers entre 2004 e 2011, tendo deixado temporariamente a NBA em 2013, após uma época ao serviço dos Los Angeles Clippers.

Em abril de 2014, chegou a assinar pelos New York Knicks para a reta final da temporada, mas acabou dispensado pela equipa três meses depois.

Além dos dois títulos pelos Lakers, Odom conta também no currículo a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Atenas 2004 e o título mundial em 2010, no campeonato disputado na Turquia.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.