sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho fala em origem duvidosa do capital nos fundos de investimento

O presidente do Sporting voltou esta quarta-feira a 'atacar' os fundos de investimento, ao referir que se trata de entrada no mundo do futebol de verbas que "podem ter a ver com apostas ilegais ou [o tráfico de] drogas".

O presidente do Sporting incorre agora num processo disciplinar ao abrigo do artigo do regulamento disciplinar que diz respeito à Lesão da Honra e reputação dos agentes desportivos. (Arquivo)

O presidente do Sporting incorre agora num processo disciplinar ao abrigo do artigo do regulamento disciplinar que diz respeito à Lesão da Honra e reputação dos agentes desportivos. (Arquivo)

Lusa

"A minha luta não é contra a opção dos clubes de recorrerem a entidades financeiras, mas contra a chegada ao mundo de futebol de dinheiro que não se sabe de onde vem, cujos proprietários não se sabe quem são", referiu Bruno de Carvalho em entrevista à EFE.

O presidente 'leonino' foi mais longe na sua explicação, ao referir que se trata de pessoas com relações "com paraísos fiscais" e que "podem ter a ver com apostas ilegais ou com [o tráfico de] drogas".

À EFE, Bruno de Carvalho, em conflito com o fundo de investimento Doyen, ainda antes de o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) ter condenado o Sporting neste litígio, disse que "o futebol não pode ser o santuário de todo o dinheiro sujo, só porque precisa dele [de dinheiro]".

O Sporting foi condenado pelo TAS a pagar à Doyen mais de 12 milhões de euros, acrescidos de juros, pela mais-valia da venda de Marcos Rojo ao Manchester United, bem como 75% de qualquer montante que possa advir para o clube, como consequência do seu direito de 20% de mais-valias em qualquer transferência futura do internacional argentino superior a 23 milhões de euros.

Na entrevista à EFE, Bruno de Carvalho também foi crítico com os empresários, dizendo que "criam ilusões" aos futebolistas, falando-lhes do interesse de grandes equipas, de ordenados astronómicos, gerando instabilidade.

"As regras dizem que os clubes só podem falar com um jogador depois de chegarem a acordo com as equipas em que jogam, mas não se passa assim", salientou, pedindo uma "vigilância mais apertada" nestas matérias.

Bruno de Carvalho destacou, no entanto, já ter acertado renovações de vários jogadores com o empresário Jorge Mendes e disse acreditar que "mais tarde ou mais cedo" farão algum negócio conjunto.

Lusa

  • Tomadas medidas para evitar danos ambientais após acidente na barra da Armona
    1:49

    País

    Quatro tripulantes foram transportados para o hospital com hipotermia, depois de terem caído ao mar. A embarcação onde seguiam, e que faz trabalhos de reposição de areias, virou-se esta manhã, na ilha da Armona, em Olhão. As autoridades vão abrir um inquérito para apurar as causas do acidente e estão a tomar medidas para evitar danos ambientais, visto que a embarcação transportava 12 mil litros de gasóleo.

  • Papa no Chile em ambiente de contestação à Igreja Católica
    3:13

    Mundo

    O Papa pediu hoje perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu "dor e vergonha" diante do "dano irreparável" causado às crianças vítimas de abuso sexual. Francisco está a cumprir uma deslocação de três dias ao Chile, onde a contestação à visita e à Igreja se faz sentir. O Papa enfrenta um ambiente hostil na sexta viagem à América Latina, devido à denúncia de abusos sexuais na Igreja.

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Apoio psicológico fundamental em Vila Nova da Rainha
    2:19
  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.