sicnot

Perfil

Desporto

Lopetegui, "sempre portista", publica carta de despedida

Julen Lopetegui divulgou hoje uma carta de despedida do FC Porto. O técnico espanhol escreveu que "ainda estava a tempo e com possibilidade de atingir os objetivos".

Steven Governo

A missiva tem o título "Sempre Portista". O técnico assume ter "chegado o momento" de "separar os caminhos" entre si próprio e o clube, razão pela qual pretendeu "expressar várias ideias de forma pública".

Lopetegui agradece ao FC Porto e, "em especial, ao seu presidente" pela "experiência maravilhosa e exigente", sublinhando o momento da cisão:

"Ainda estávamos a tempo e com possibilidade de atingir os objetivos pelos quais havíamos lutado. Confiávamos absolutamente nisso e lamentamos ver-nos afastados a meio do caminho", diz o técnico basco, de 49 anos, que recorda os "bons momentos e noites inesquecíveis no Estádio do Dragão", ao longo da época e meia em que representou o FC Porto.

Lopetegui afirma-se ainda de "consciência tranquila" por ter "investido a alma numa entidade com uma história tão brilhante" e por ter ajudado a que "a sociedade [SAD] crescesse, que fosse rentável e que garantisse o futuro".

"Para muitos treinadores é complicado que a maior parte dos jogadores mais utilizados saiam no final da época, mas isso significa que renderam ao mais alto nível e, mais do que os egoísmos, sempre tive na ideia procurar o melhor para a gestão do FC Porto", escreve ainda, a propósito da perda de futebolistas de uma época para a outra.

Depois de não ter conquistado qualquer título na sua primeira época, Lopetegui deixou o clube 'azul e branco' na terceira posição do campeonato, a quatro pontos do líder Sporting, qualificado para os quartos de final da Taça de Portugal e ainda presente na Taça da Liga. Nas competições europeuias, o FC Porto não passou aos oitavos de final da Liga dos Campeões e foi relegado para a Liga Europa.

"Recebemos, esta época, muitos jogadores novos, muitos deles jovens, que estão a crescer e a adquirir o ritmo competitivo que o clube requere", acrescentou o treinador, justificando alguma fragilidade do plantel.

Acaba a destacar a "atitude exemplar" de todos os jogadores, à forma como se sentiu "em casa" na cidade e a desejar "toda a sorte do Mundo ao FC Porto".

O empresário de Julen Lopetegui já tinha garantido entretanto que treinador e FC Porto chegaram a acordo para a rescisão do contrato. Esta informação ainda não foi comunicada pelos dragões à CMVM.

Com Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.