sicnot

Perfil

Desporto

Secretário-geral da FIFA demitido

A FIFA anunciou hoje que o secretário-geral da organização, Jérôme Valcke, foi demitido a 09 de janeiro, pelo Comité de Emergência, "com efeitos imediatos".

reuters

"A relação laboral entre a FIFA e Jérôme Valcke, terminou", refere a FIFA em comunicado.

Na quinta-feira, o Comité de Ética da FIFA tinha aberto um processo formal contra Valcke, um dia depois de ter prolongado por mais 45 dias a suspensão do francês.

Valcke, de 55 anos e que estava suspenso desde 08 de outubro, e foi acusado de estar implicado num processo de revenda de bilhetes para o Mundial2014 no 'mercado negro', envolvendo um alegado suborno de Benny Alon (JB Sports Marketing).

"O cargo continuará a ser desempenhado pelo secretário-geral interino, Markus Kattner", esclareceu o organismo na nota.

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.