sicnot

Perfil

Desporto

Gareth Bale lesiona-se pela 6ª vez no mesmo músculo

O futebolista galês Gareth Bale, do Real Madrid, submeteu-se hoje a testes médicos que confirmaram a sua sexta lesão, desde que ingressou no clube da liga espanhola, no músculo sóleo da perna direita.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Sergio Perez / Reuters

Segundo informação dos merengues, após 24 horas de espera para que a inflamação na zona afetada, devido à lesão contraída a um minuto do intervalo do jogo de domingo com o Sporting de Gijón, confirmou-se novo problema no músculo que sustenta o corpo e movimenta o pé, situado na região posterior da perna até ao calcanhar.

Segundo o corpo clínico do Real Madrid, a situação de Bale "depende da evolução" da mazela, não determinando, por isso, o grau da lesão, embora a imprensa espanhola preveja uma paragem entre duas a três semanas.

A confirmar-se esse período, o avançado galês deverá falhar, no mínimo, as partidas frente ao Bétis, Espanyol e Granada, sendo esta a terceira vez que, na presente temporada, se lesiona no referido músculo, e a sexta desde que ingressou no clube, em 2013/14.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.