sicnot

Perfil

Desporto

Seis ciclistas da equipa Giant-Alpecin atingidos por automóvel no sul de Espanha

Seis ciclistas de "diferentes nacionalidades" da equipa Giant-Alpecin foram hoje atingidos por uma viatura durante um treino perto de Alicante, no sudoeste de Espanha, anunciaram a equipa alemã e os serviços de socorro.

Sem divulgar as suas identidades, a equipa do 'world tour' (primeira divisão do ciclismo) adiantou através da rede social 'twiter' que os ciclistas foram todos transferidos para hospitais próximos e que a sua condição de saúde é "estável".

Numa altura em que circulavam em Benigembla, cerca de uma centena de quilómetros a sul de Valência, os ciclistas foram atingidos por uma viatura conduzida por uma cidadã britânica que seguia em contramão.

Em 2012, um acidente semelhante causou a morte ao ciclista espanhol Victor Cabedo, da equipa Euskaltel-Euskadi.

Durante o inverno, numerosas equipas profissionais de ciclismo organizam sessões de treino em Espanha, para tirar partido do clima mais ameno, com vista à preparação da época desportiva.

Lusa

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.