sicnot

Perfil

Desporto

Belenenses e Vitória de Guimarães empatam 3-3 na I Liga

O Vitória de Guimarães desperdiçou hoje a ocasião de igualar o Paços de Ferreira no quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao empatar 3-3 no terreno do Belenenses, em jogo da 19.ª jornada.

MANUEL ALMEIDA

No Estádio do Restelo, em Lisboa, o Belenenses colocou-se em vantagem, com os golos de Miguel Rosa (08) e Bakic (25), aos quais o Vitória respondeu antes do intervalo com um tento de Bouba Saré (36) e um autogolo de Filipe Ferreira (43). Na segunda parte, Juanto Ortuño voltou a adiantar os 'azuis' (64), antes de Henrique Dourado fazer o empate final (76).

Os minhotos, que levam quatros jogos sem perder e vinham de uma triunfo sobre o FC Porto (1-0), mantiveram o sexto lugar, agora com 27 pontos, menos dois do que o Paços de Ferreira, que no sábado foi batido pelo líder Sporting (3-1), enquanto o Belenenses segue no 12.º posto, com 22 pontos, e pode perder a posição para o Marítimo.

Lusa

  • Treinador do Braga confiante para o jogo com o Belenenses
    1:06

    Desporto

    A terceira fase da Taça da Liga arranca amanhã com dois jogos. O Portimonense joga com o Arouca e o Sporting de Braga recebe o Belenenses. O treinador dos bracarenses assume que quer ir longe na Taça da Liga até porque o Braga já foi um dos vencedores da prova. Na antevisão do jogo com o Belenses, Paulo Fonseca diz que o jogo entre as duas equipas para o campeonato que o Braga venceu por 4-0 já é passado e não vai ter qualquer influência no jogo de amanhã.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão