sicnot

Perfil

Desporto

Abel Xavier apresentado como novo selecionador de Moçambique

O antigo internacional português Abel Xavier é o novo treinador da seleção de futebol de Moçambique, anunciou esta segunda-feira o presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Alberto Simango Júnior.

(Arquivo)

(Arquivo)

Kim Johnson Flodin / AP

"Temos, diante de nós, um treinador que se adequa àquilo que são os nosso objetivos", afirmou Alberto Simango Júnior, falando durante a cerimónia de apresentação do novo treinador da seleção moçambicana de futebol, em Maputo.

Abel Xavier, de 43 anos, chega ao comando técnico dos 'mambas' num momento em que a seleção acumula maus resultados, tendo sido afastada pelo Gabão na segunda eliminatória de qualificação para a fase de grupos da zona africana de apuramento para o Mundial2018, e substitui o croata Boris Pusic, que apenas dirigiu a seleção moçambicana nos últimos dois jogos oficiais.

"Queremos bons resultados", declarou o presidente da FMF, observando, no entanto, que este objetivo só pode ser alcançado com a intervenção de todos, apoiando a nova equipa técnica dos 'mambas'.

A nova aposta da seleção moçambicana, prosseguiu Alberto Simango Júnior, combina elementos como ambição, determinação e vontade num único perfil, destacando o facto de o novo treinador ter "raízes moçambicanas".

"Sabemos que o caminho é longo e não é o selecionador que joga, mas estamos esperançados", sublinhou presidente da FMF, que preferiu não divulgar os valores da nova contratação.

Por sua vez, Abel Xavier, falando durante a cerimónia, disse estar ciente do desafio que possui pela frente, acrescentado que Moçambique tem "matéria-prima suficiente" para competir com a qualquer equipa.

"Eu acompanho a seleção moçambicana há anos", referiu o novo treinador, apelando também a todos moçambicanos para que "abracem a causa dos 'mambas'", na medida em que este é o "clube mais importante de todo país".

"Estou muito orgulho de voltar ao meu país", acrescentou o antigo defesa direito da seleção portuguesa, garantindo que tudo fará para que os 'mambas' alcancem o respeito internacional que merecem.

Até setembro do ano passado, o novo selecionador dos "Mambas" treinava o Desportivo das Aves, da II Liga de futebol português, mas o contrato foi rescindido por alegando maus resultados.

Nascido em Nampula, província do norte de Moçambique, em 1972, Abel Xavier iniciou a sua carreira no Estrela da Amadora, tendo tido posteriormente jogador do Benfica e tido notoriedade em 20 presenças na seleção portuguesa.

O antigo futebolista português jogou também no Liverpool e no Galatasaray, tendo tido passagens pelo Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, ao lado de estrelas como David Beckham.

Em 2005, a FIFA suspendeu o jogador por 18 meses por doping.

A sua carreira de treinador começou em 2013, quando assumiu a liderança do Olhanense.

Lusa

  • Abel Xavier explica porque saiu do Olhanense
    1:00

    Desporto

    Abel Xavier promoveu hoje uma conferência de imprensa em Olhão para esclarecer as razões que levaram à saída do Olhanense. O treinador foi muito crítico em relação à direção da SAD algarvia. O técnico fez questão de afirmar que foi ele quem se demitiu.

  • Abel Xavier é o novo treinador do Farense

    Desporto

    O treinador português Abel Xavier vai assumir o comando técnico do Farense, 12.º classificado da II Liga de futebol, confirmou hoje à agência Lusa o presidente da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do clube algarvio.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.