sicnot

Perfil

Desporto

Meyong assina pelo Vitória de Setúbal por época e meia

O Vitória de Setúbal, da I Liga portuguesa de futebol, oficializou esta segunda-feira, em comunicado no seu site oficial, a contratação do avançado Meyong, ex-Kabuscorp (Angola), até junho de 2017.

O camaronês, de 35 anos, regressa ao clube no qual, na época de 1999/2000, iniciou a sua carreira em Portugal.

O camaronês, de 35 anos, regressa ao clube no qual, na época de 1999/2000, iniciou a sua carreira em Portugal.

© Reuters Photographer / Reuters

O camaronês, de 35 anos, regressa ao clube no qual, na época de 1999/2000, iniciou a sua carreira em Portugal.

A aquisição do experiente atacante, que chega ao Estádio do Bonfim, para colmatar a vaga deixada em aberto pelo coreano Suk, entretanto transferido para o FC Porto, representa mais uma opção para o treinador Quim Machado no setor ofensivo.

Meyong, que no futebol nacional representou também o Belenenses e Sporting de Braga, não escondeu a sua satisfação no momento da assinatura do contrato.

"É uma grande honra poder voltar a representar este grande clube e estar de regresso à minha cidade. Já conquistei muitas coisas com esta camisola e espero continuar a dar muitas alegrias a esta massa associativa. É um dia de grande emoção para mim", disse o jogador que em 2004/05 apontou o golo do triunfo (2-1) sobre o Benfica na final da Taça de Portugal.

Ao lado do presidente Fernando Oliveira, o avançado, que está a trabalha com a equipa há semana e meia, não poupou elogios ao plantel e prometeu ser "mais um para ajudar".

"É um grupo onde impera a qualidade e a juventude. A união e o espirito de grupo saltam à vista de quem chega e espero ajudá-los a crescer com a minha experiência", sublinhou.

O Vitória de Setúbal ocupa a oitava posição da I Liga Portuguesa de futebol, com 25 pontos, os mesmos do Rio Ave, adversário dos sadinos na próxima jornada da I Liga portuguesa de futebol (domingo, 16:00).

Lusa

  • Eurogrupo dá luz verde ao Orçamento do Estado
    0:29

    Orçamento do Estado 2017

    O Orçamento português passou no Eurogrupo mas os ministros das Finanças alertam que podem ser precisas mais medidas para cumprir as metas e em março vão voltar a olhar para as contas. Para já, estão satisfeitos com o compromisso assumido por Mário Centeno e mais sete ministros da zona euro, cujos Orçamentos estão em risco de incumprimento.

  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados".Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade. A SIC esteve em Luanda e falou com o advogado Adolfo Campos e com os músicos Carbono Casimiro, Mona Dya Kidi e David Salei. Já todos estiveram presos. Já todos foram vítimas de violência policial. Defendem que "a geração anterior comprometeu o país" e acreditam que só a mudança política pode trazer um futuro melhor. Para estes jovens activistas, a guerra que arrasou o país, e com que o regime justifica tudo, não deixou heróis, apenas "vilões e vítimas".

  • Homem e cão resgatados das águas na Andaluzia
    0:32