sicnot

Perfil

Desporto

Meyong assina pelo Vitória de Setúbal por época e meia

O Vitória de Setúbal, da I Liga portuguesa de futebol, oficializou esta segunda-feira, em comunicado no seu site oficial, a contratação do avançado Meyong, ex-Kabuscorp (Angola), até junho de 2017.

© Reuters Photographer / Reuters

O camaronês, de 35 anos, regressa ao clube no qual, na época de 1999/2000, iniciou a sua carreira em Portugal.

A aquisição do experiente atacante, que chega ao Estádio do Bonfim, para colmatar a vaga deixada em aberto pelo coreano Suk, entretanto transferido para o FC Porto, representa mais uma opção para o treinador Quim Machado no setor ofensivo.

Meyong, que no futebol nacional representou também o Belenenses e Sporting de Braga, não escondeu a sua satisfação no momento da assinatura do contrato.

"É uma grande honra poder voltar a representar este grande clube e estar de regresso à minha cidade. Já conquistei muitas coisas com esta camisola e espero continuar a dar muitas alegrias a esta massa associativa. É um dia de grande emoção para mim", disse o jogador que em 2004/05 apontou o golo do triunfo (2-1) sobre o Benfica na final da Taça de Portugal.

Ao lado do presidente Fernando Oliveira, o avançado, que está a trabalha com a equipa há semana e meia, não poupou elogios ao plantel e prometeu ser "mais um para ajudar".

"É um grupo onde impera a qualidade e a juventude. A união e o espirito de grupo saltam à vista de quem chega e espero ajudá-los a crescer com a minha experiência", sublinhou.

O Vitória de Setúbal ocupa a oitava posição da I Liga Portuguesa de futebol, com 25 pontos, os mesmos do Rio Ave, adversário dos sadinos na próxima jornada da I Liga portuguesa de futebol (domingo, 16:00).

Lusa

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC