sicnot

Perfil

Desporto

Autoridades italianas investigam 64 pessoas ligadas ao futebol por evasão fiscal

As autoridades fiscais italianas abriram uma investigação por alegada evasão fiscal e faturas falsas contra 64 pessoas ligadas ao futebol, entre os quais dirigentes, jogadores e treinadores.

O futebolista argentino Ezequiel Lavezzi, do PSG, é um dos visados.

O futebolista argentino Ezequiel Lavezzi, do PSG, é um dos visados.

© Stephane Mahe / Reuters

Segundo a agência noticiosa italiana Ansa, a investigação, à qual foi dado o nome "Futebol em fora de jogo", incide sobre factos ocorridos entre 2009 e 2013 e implica 35 clubes de futebol.

De acordo com a mesma fonte, a investigação baseia-se na existência de "um sistema organizado de evasão fiscal" na contratação de jogadores, que pode ter atingido os 12 milhões de euros.

Entre os investigados figuram nomes como Adriano Galliani, administrador desportivo do AC Milan, os presidentes do Napoles, Aurelio De Laurentiis, e da Lazio, Claudio Lotito, e os futebolistas argentinos Ezequiel Lavezzi e Hernan Crespo, atual treinador do Modena.

Lusa

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.