sicnot

Perfil

Desporto

Dez clubes da II Liga integrarão um jogador chinês no plantel, diz novo patrocinador

Os dez melhores clubes da II liga portuguesa de futebol passarão a receber todos os anos um jogador chinês, anunciou, em Pequim, Martin Lee, presidente da Ledman, a multinacional chinesa que patrocinará a competição.

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Fernando Veludo / Lusa

O acordo, que entra em vigor na próxima época, prevê ainda "uma taxa de utilização dos jogadores", assegurou Lee perante mais de 150 jornalistas chineses, sem avançar um valor específico.

"Iremos escolher os melhores atletas chineses para participar neste intercâmbio e formaremos uma equipa de profissionais portugueses para garantir que se integram em Portugal", explicou o empresário.

Já o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, que fechou em Pequim o acordo com a Ledman, recusou confirmar aqueles números e apontou o intercâmbio de jogadores chineses como uma "possibilidade remota".

"Fundamentalmente, vai ser um patrocínio para a II Liga, embora se abram portas para que abranja a Liga de Portugal como um todo", explicou à agência Lusa o ex-árbitro internacional.

Com sede em Shenzhen, uma das mais prósperas cidades chinesas, situada junto a Hong Kong, a Ledman é especializada no fabrico de painéis publicitários de alta resolução, utilizados sobretudo em estádios de futebol.

É ainda patrocinadora das duas principais ligas de futebol da China e tem uma participação de 25 milhões de euros na Infront Sports & Media, empresa suíça que detém os direitos de transmissão dos jogos do Mundial da modalidade.

O acordo prevê ainda que aquela companhia passe a deter os direitos de imagem dos jogadores a atuar na II liga - que se passará a chamar Ledman LigaPro - e os direitos de publicidade dos jogos.

"O futebol é uma parte do sonho chinês e nós, como firma, queremos contribuir para o desenvolvimento da modalidade na China", afirmou Martin Lee.

Apoiado pelo presidente chinês, Xi Jinping, o "sonho chinês" para o futebol passa por três etapas: qualificar-se para a fase final do Mundial, organizar um Mundial pela primeira vez e um dia vencê-lo, proeza nunca alcançada por um país asiático.

São metas audaciosas para um país que figura em 82.º lugar no 'ranking' da FIFA e cuja participação em Mundiais se resume à edição de 2002, disputada na Coreia do Sul e Japão.

Já para o Mundial de 2018, o 'gigante' asiático está praticamente eliminado.

Mas Pedro Proença prefere ver as coisas pela positiva: "Sabemos que o futebol passou a ser uma demanda do próprio Governo chinês e este protocolo abre novas portas aos profissionais portugueses".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.