sicnot

Perfil

Desporto

Diogo Salomão rescinde com o Sporting e assina pelo Maiorca

O futebolista Diogo Salomão anunciou esta quinta-feira a sua saída do Sporting, no mesmo dia em que o Maiorca, da segunda liga espanhola, tornou pública a sua contratação.

O avançado português regressou a Alvalade depois de ter jogado três épocas e meia do Deportivo da Corunha. (Arquivo)

O avançado português regressou a Alvalade depois de ter jogado três épocas e meia do Deportivo da Corunha. (Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

A equipa 18.ª classificada do escalão secundário informou oficialmente que o jogador será apresentado ainda hoje, mas não divulgou quaisquer pormenores relativos ao negócio.

Com 27 anos de idade, Diogo Salomão, que jogou a primeira metade da temporada na equipa B dos 'leões', escreveu na sua página da rede social Facebook a seguinte mensagem: "Hoje termina oficialmente a minha ligação ao Sporting Clube de Portugal".

"Quero agradecer aos adeptos, equipa técnica, 'staff' e jogadores por estes cinco anos de apoio", prossegue o futebolista, que se diz "grato pelas oportunidades" proporcionadas desde que assinou em 2010.

O avançado português regressou a Alvalade depois de ter jogado três épocas e meia do Deportivo da Corunha.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.