sicnot

Perfil

Desporto

Janeiro com recorde histórico de golos na Primeira Liga

A I Liga portuguesa de futebol vai fechar janeiro com um recorde histórico de golos no primeiro mês do ano, superando um máximo que já se mantinha desde 1949.

Mesmo sem os números da jornada 20, os 153 já marcados em janeiro superam largamente os 137 de 1949, melhor marca de janeiro até este ano.

Mesmo sem os números da jornada 20, os 153 já marcados em janeiro superam largamente os 137 de 1949, melhor marca de janeiro até este ano.

MANUEL ALMEIDA / LUSA

"É já o melhor janeiro de sempre no primeiro escalão do futebol português", destaca a Liga Portugal, no seu site, relembrando que ainda há uma jornada (no próximo fim de semana) para se aumentar o valor já registado, de 153 golos.

Até agora, os números verificados em janeiro são: 27 golos na 15.ª jornada, 32 na 16.ª jornada, 34 na 17.ª jornada, 26 na 18.ª jornada e 20 na 19.ª jornada.

A 20.ª jornada ainda será em janeiro (começando a 29 e prolongando-se pelo fim de semana de 30 e 31, com um jogo final dia 1, Marítimo - Belenenses).

Mesmo sem os números da jornada 20, os 153 já marcados em janeiro superam largamente os 137 de 1949, melhor marca de janeiro até este ano.

O segundo melhor total de sempre era o de 127 golos em 1998 e o terceiro melhor o de 126 golos, em 2015.

Lusa

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.