sicnot

Perfil

Desporto

Peseiro chamou oito jogadores da equipa B' ao treino do FC Porto

O FC Porto iniciou esta quinta-feira a preparação da deslocação de sábado ao Estoril-Praia, na 20ª jornada da I Liga de futebol, com uma sessão de treino em que o treinador José Peseiro recorreu a oito jogadores da equipa B.

Lusa

De acordo com a nota publicada no sítio dos 'dragões', os defesas Víctor García, Rodrigo, Chidozie e Maurício, os médios Tomás Podstawski, Omar Govea, Francisco Ramos e Pité e o avançado Gleison integraram o treino do plantel principal.

José Peseiro não contou com o avançado espanhol Bueno, que fez treino condicionado, ginásio e tratamento, com o médio brasileiro Evandro, em tratamento, nem com o avançado franco-maliano Marega, que fez treino integrado condicionado.

Os 'dragões', que na quarta-feira, frente ao Feirense, confirmaram a eliminação da Taça da Liga (desaire por 2-0), em que somaram por derrotas os três jogos realizados, voltam a treinar pelas 11:30 de sexta-feira, no Estádio do Dragão, numa sessão à 'porta fechada'.

O FC Porto, terceiro classificado, a cinco pontos do líder Sporting e a três do Benfica (2.º), defronta pelas 18:30 de sábado o Estoril-Praia (10.º), no Estádio Coimbra da Mota, em jogo a dirigir pelo árbitro Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa.

Lusa

  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Centeno aponta para a reforma e expansão do euro
    0:32

    Economia

    O ministro das Finanças português participa hoje na primeira reunião enquanto presidente do Eurogrupo. À entrada para o encontro dos ministros das Finanças da moeda única, Mário Centeno apontou a reforma do Euro como um dos principais desafios do mandato que agora inicia. 

  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    O Ministério Público espanhol pediu ao tribunal supremo para voltar a emitir um mandado europeu de detenção contra o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, que se deslocou à Dinamarca para participar numa conferência. O Supremo rejeitou no entanto o pedido. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".