sicnot

Perfil

Desporto

Belenenses contrata internacional colombiano Abel Aguilar

O médio internacional colombiano Abel Aguilar foi esta segunda-feira oficializado como reforço do Belenenses, tendo assinado até final da época com o clube da I Liga portuguesa de futebol.

O experiente médio, que contabiliza 57 internacionalizações pela seleção da Colômbia e que representou clubes como Deportivo de Cali, Udinese, de Itália, e Saragoça e Deportivo da Corunha, em Espanha, é o sexto reforço do Belenenses neste 'mercado' de inverno, juntando-se a Rafael Amorim, Tiago Almeida, Juanto Ortuño, Bakic e Lucas Pugh.

O experiente médio, que contabiliza 57 internacionalizações pela seleção da Colômbia e que representou clubes como Deportivo de Cali, Udinese, de Itália, e Saragoça e Deportivo da Corunha, em Espanha, é o sexto reforço do Belenenses neste 'mercado' de inverno, juntando-se a Rafael Amorim, Tiago Almeida, Juanto Ortuño, Bakic e Lucas Pugh.

© Ueslei Marcelino / Reuters

Aguilar, de 31 anos, chega ao Restelo proveniente do Toulouse, onde estava desde 2013, sendo que esta época não realizou qualquer partida pela primeira equipa, após ter sido relegado para as reservas no final da temporada passada.

Na altura, o internacional 'cafetero' foi o porta-voz do desagrado do plantel principal, que reclamava cinco meses de salários em atraso, e acabou por ser afastado pela direção do clube gaulês.

O experiente médio, que contabiliza 57 internacionalizações pela seleção da Colômbia e que representou clubes como Deportivo de Cali, Udinese, de Itália, e Saragoça e Deportivo da Corunha, em Espanha, é o sexto reforço do Belenenses neste 'mercado' de inverno, juntando-se a Rafael Amorim, Tiago Almeida, Juanto Ortuño, Bakic e Lucas Pugh.

Lusa

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.