sicnot

Perfil

Desporto

Ciclista Adriano Malori apresenta contínuas melhoras

O ciclista italiano Adriano Malori continua internado numa clínica de Buenos Aires, na sequência de uma queda no Tour de San Luis, mas o seu estado de saúde está a melhorar progressivamente, informaram os organizadores da prova argentina.

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico. (Arquivo)

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico. (Arquivo)

Peter Dejong / AP

"Malori regista progressos muito bons. Está continuamente a melhorar. Falei hoje de manhã com a sua mãe e estão muito contentes, porque teve ótimos indícios de recuperação", disse à Agência Efe Gabriel Curuchet, um dos organizadores do Tour de San Luis.

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico.

Depois do acidente, o ciclista da Movistar foi internado num hospital da província central argentina e induzido em estado de coma, tendo sido transferido a 26 de janeiro para uma clínica especializada de Buenos Aires, a fim de ser submetido a exames médicos "mais precisos, com técnicas e instrumentos não disponíveis na clínica de San Luis".

"O coma induzido foi só para o proteger do golpe na cabeça, foi algo feito como prevenção. [Malori] não está em coma, nem nada do género. Está em recuperação. Hoje a mãe comentou-me que estão a avaliar a possibilidade de este regressar a Itália", acrescentou Curuchet.

Lusa

  • Desespero e euforia marcaram o 8.º dia de Mundial
    0:50
  • Comprava uma bola de futebol com 9 mil cristais Swarovski?
    2:51
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22