sicnot

Perfil

Desporto

Ciclista Adriano Malori apresenta contínuas melhoras

O ciclista italiano Adriano Malori continua internado numa clínica de Buenos Aires, na sequência de uma queda no Tour de San Luis, mas o seu estado de saúde está a melhorar progressivamente, informaram os organizadores da prova argentina.

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico. (Arquivo)

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico. (Arquivo)

Peter Dejong / AP

"Malori regista progressos muito bons. Está continuamente a melhorar. Falei hoje de manhã com a sua mãe e estão muito contentes, porque teve ótimos indícios de recuperação", disse à Agência Efe Gabriel Curuchet, um dos organizadores do Tour de San Luis.

O campeão italiano de contrarrelógio sofreu uma queda grave durante a quinta etapa da competição argentina, que lhe provocou um traumatismo cranioencefálico.

Depois do acidente, o ciclista da Movistar foi internado num hospital da província central argentina e induzido em estado de coma, tendo sido transferido a 26 de janeiro para uma clínica especializada de Buenos Aires, a fim de ser submetido a exames médicos "mais precisos, com técnicas e instrumentos não disponíveis na clínica de San Luis".

"O coma induzido foi só para o proteger do golpe na cabeça, foi algo feito como prevenção. [Malori] não está em coma, nem nada do género. Está em recuperação. Hoje a mãe comentou-me que estão a avaliar a possibilidade de este regressar a Itália", acrescentou Curuchet.

Lusa

  • Encontradas 120 botijas de gás para "um ou vários atentados"
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.