sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho elogia Montero, Tanaka e Marcelo Boeck

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, despediu-se hoje com elogios de três futebolistas que deixaram o clube no mercado de janeiro, caso dos avançados Montero e Tanaka e do guarda-redes Marcelo Boeck.

O presidente do Sporting incorre agora num processo disciplinar ao abrigo do artigo do regulamento disciplinar que diz respeito à Lesão da Honra e reputação dos agentes desportivos. (Arquivo)

O presidente do Sporting incorre agora num processo disciplinar ao abrigo do artigo do regulamento disciplinar que diz respeito à Lesão da Honra e reputação dos agentes desportivos. (Arquivo)

Lusa

Reconhecendo que foram três jogadores que o "marcaram de forma especial", o presidente leonino salientou, na sua página no Facebook, que o avançado colombiano, que saiu para os chineses do Tianjin Teda, lhe "encheu as medidas como atleta e pessoa", assegurando que as portas do Sporting "estão sempre abertas para o seu regresso".

Quanto a Tanaka, que foi emprestado para os japoneses do Kashiwa Reysol até junho de 2017, Bruno de Carvalho destaca o seu empenho e a "forma de ser e estar contagiante", salientando que "voltar a casa era o seu desejo".

"E o terceiro o nosso capitão Boeck. O seu amor pelo Sporting Clube de Portugal, a sua voz dando alento aos seus colegas durante os jogos e a forma vibrante como vivia cada momento vão deixar saudades. Um verdadeiro leão que nunca deixará de fazer parte da nossa alma e do nosso coração", escreveu, dirigindo-se ao guarda-redes, que foi transferido para o Chapecoense.

Na mesma mensagem, Bruno de Carvalho recordou ainda a "paixão e carinho" pelo clube verde e branco de Cédric e Nani, confiando que ambos "um dia voltarão a casa novamente", e de Miguel Lopes.

O líder leonino pediu ainda aos reforços Marvin Zeegelaar, Schelotto, Ruben Semedo, Bruno César, Coates e Barcos se empenhem com "talento, garra, atitude, vontade, trabalho e humildade" na persecução dos objetivos do clube.

Em todas as épocas de transferências as emoções são fortes. Cada atleta que representa, com respeito e...

Posted by Bruno de Carvalho on Tuesday, February 2, 2016

Lusa

  • Hospitais vão ser penalizados se não cumprirem tempos de espera
    2:37

    País

    O Ministério da Saúde vai penalizar os hospitais que não cumprem os tempos de espera nas urgências e que tenham taxas elevadas de cesarianas. O novo modelo de financiamento prevê ainda linhas de financiamento próprio para a obesidade e rastreios do cancro do cólon e do colo do útero.

  • Assédio, até onde vai a tolerância?
    35:26