sicnot

Perfil

Desporto

Leicester vence Liverpool e continua no topo da Liga inglesa

O Leicester, com mais um bis de Vardy, manteve esta terça-feira os três pontos de vantagem na liderança da Liga inglesa de futebol, após bater o Liverpool, por 2-0, numa 24ª jornada em que o Arsenal se atrasou.

Jamie Vardy (E) apontou os dois golos do triunfo dos foxes.

Jamie Vardy (E) apontou os dois golos do triunfo dos foxes.

© Reuters Staff / Reuters

A atuar em casa, os 'foxes' chegaram ao triunfo com remates certeiros do avançado inglês, aos 60 e 71 minutos, que assim reforçou o comando da lista dos melhores marcadores, com 18 golos, num jogo em que o português João Carlos Teixeira entrou nos 'reds', aos 87.

Este resultado mantém o Leicester com três pontos de vantagem sobre o Manchester City, que se isolou no segundo lugar depois de vencer no campo do Sunderland, por 1-0, e de o Arsenal ter ficado a zero (0-0) na receção ao Southampton.

O argentino Aguero, logo aos 16 minutos, marcou o único tento dos 'citizens' perante o antepenúltimo classificado da Premier League.

Em Londres, os 'gunners' não conseguiram ultrapassar a barreira defensiva do Southampton, liderada pelo português José Fonte e com Cedric do lado direito, e deixaram-se igualar pelo Tottenham, eterno rival, que venceu no terreno do Norwich, por 3-0, destaque para um 'bis' de Harry Kane.

Em Old Trafford, o Manchester United venceu o Stoke City, por 3-0, e manteve o quinto lugar, agora a cinco pontos das posições que dão acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada. Lingard, aos 14 minutos, o francês Martial, aos 23, e o capitão Wayne Rooney, aos 53, fizeram os golos dos 'red devils'.

Destaque ainda para o triunfo do West Ham na receção ao 'lanterna-vermelha' Aston Villa, por 2-0, um resultado que deixa os londrinos em lugar de acesso às competições europeias.

A ronda termina na quarta-feira, com o Everton-Newcastle e o Watford-Chelsea.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.