sicnot

Perfil

Desporto

Leicester vence Liverpool e continua no topo da Liga inglesa

O Leicester, com mais um bis de Vardy, manteve esta terça-feira os três pontos de vantagem na liderança da Liga inglesa de futebol, após bater o Liverpool, por 2-0, numa 24ª jornada em que o Arsenal se atrasou.

Jamie Vardy (E) apontou os dois golos do triunfo dos foxes.

Jamie Vardy (E) apontou os dois golos do triunfo dos foxes.

© Reuters Staff / Reuters

A atuar em casa, os 'foxes' chegaram ao triunfo com remates certeiros do avançado inglês, aos 60 e 71 minutos, que assim reforçou o comando da lista dos melhores marcadores, com 18 golos, num jogo em que o português João Carlos Teixeira entrou nos 'reds', aos 87.

Este resultado mantém o Leicester com três pontos de vantagem sobre o Manchester City, que se isolou no segundo lugar depois de vencer no campo do Sunderland, por 1-0, e de o Arsenal ter ficado a zero (0-0) na receção ao Southampton.

O argentino Aguero, logo aos 16 minutos, marcou o único tento dos 'citizens' perante o antepenúltimo classificado da Premier League.

Em Londres, os 'gunners' não conseguiram ultrapassar a barreira defensiva do Southampton, liderada pelo português José Fonte e com Cedric do lado direito, e deixaram-se igualar pelo Tottenham, eterno rival, que venceu no terreno do Norwich, por 3-0, destaque para um 'bis' de Harry Kane.

Em Old Trafford, o Manchester United venceu o Stoke City, por 3-0, e manteve o quinto lugar, agora a cinco pontos das posições que dão acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada. Lingard, aos 14 minutos, o francês Martial, aos 23, e o capitão Wayne Rooney, aos 53, fizeram os golos dos 'red devils'.

Destaque ainda para o triunfo do West Ham na receção ao 'lanterna-vermelha' Aston Villa, por 2-0, um resultado que deixa os londrinos em lugar de acesso às competições europeias.

A ronda termina na quarta-feira, com o Everton-Newcastle e o Watford-Chelsea.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14