sicnot

Perfil

Desporto

Quase três milhões de bilhetes já vendidos para os Jogos Olímpicos

O comité organizador dos Jogos Olímpicos anunciou esta terça-feira que já vendeu 2,75 milhões de entradas para o Rio2016, um número que representa 74% do objetivo pretendido.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Alexander Demianchuk / Reuters

A pouco mais de seis meses do início dos Jogos Olímpicos, o diretor de comunicação do comité organizador Rio2016 expressou a sua satisfação pelo ritmo de venda dos bilhetes: "As entradas deixaram de ser um problema, mas 100% do valor esperado seria melhor".

As modalidades mais procuradas são, de acordo com Mário Andrada, o futebol, o basquetebol, o voleibol e o atletismo, que têm bilhetes disponíveis apenas para fases preliminares.

No entanto, o porta-voz da organização reconheceu que a venda de bilhetes para os Jogos Paralímpicos está "muito abaixo das expetativas", uma vez que até ao momento só foram vendidos 330 mil.

Andrada anunciou que nas próximas semanas vão iniciar-se novas ações de promoção para favorecer a venda de entradas para os Paralímpicos.

O porta-voz do comité organizador referiu ainda que os 'eventos-teste' que se realizaram até ao momento (22 de 45) foram um sucesso.

Os Jogos Olímpicos decorrem entre 5 e 21 de agosto.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.