sicnot

Perfil

Desporto

Federer afastado da competição por um mês devido a cirurgia

O suíço Roger Federer, número três do ténis mundial, vai estar afastado dos 'courts' durante perto de um mês, em consequência de uma intervenção cirúrgica ao joelho, foi hoje anunciado no sítio oficial do jogador na Internet.

Federer foi operado na Suíça a uma lesão no menisco, contraída um dia depois do encontro das meias-finais do Open da Austrália, frente ao sérvio Novak Djokovic.

Federer foi operado na Suíça a uma lesão no menisco, contraída um dia depois do encontro das meias-finais do Open da Austrália, frente ao sérvio Novak Djokovic.

© Jason O'Brien / Reuters

Federer foi operado na Suíça a uma lesão no menisco, contraída um dia depois do encontro das meias-finais do Open da Austrália, frente ao sérvio Novak Djokovic, futuro vencedor do primeiro Grand Slam de 2016 e líder do 'ranking' mundial, que o suíço perdeu por 6-1, 6-2, 3-6 e 6-3.

O tenista helvético, de 34 anos, vai falhar os dois próximos torneios do circuito masculino, em Roterdão (Holanda), entre 08 e 14 de fevereiro, e no Dubai, entre 22 e 27 de fevereiro, podendo já estar recuperado para disputar o de Indian Wells (Estados Unidos), que começa a 07 de março.

"Estou muito triste por ter de falhar Roterdão e Dubai, na medida em que são dois dos meus torneios preferidos. Os médicos asseguraram-me que a cirurgia correu bem e que com a devida reabilitação, poderei regressar em breve ao circuito", indicou o recordista de títulos do Grand Slam, com 17 troféus conquistados.

Lusa

  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21