sicnot

Perfil

Desporto

Filipe Luís castigado com três jogos de suspensão após falta sobre Messi

O lateral esquerdo Filipe Luís, do Atlético Madrid, foi esta quarta-feira castigado com três jogos de suspensão, devido à expulsão no jogo frente ao Barcelona, depois de uma entrada duríssima sobre o futebolista argentino Lionel Messi.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Albert Gea / Reuters

Decorria o minuto 44 quando o defesa internacional brasileiro acertou de forma violenta no joelho esquerdo de Messi, numa jogada junto à linha lateral, o que originou de imediato a sua expulsão, num jogo que o Barcelona venceu por 2-1.

"A falta assustou-me", disse no final o técnico do 'Barça', Luís Enrique.

No jogo o Atlético Madrid acabou reduzido a nove jogadores, depois de também Diego Godin ser expulso no segundo tempo, aos 65 minutos, mas por duplo amarelo.

No castigo a Filipe Luís, a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) justificou os três jogos face a uma "especial gravidade" da falta.

O Atlético Madrid, que receberá o Eibar no próximo jogo da Liga e tem também castigado o defesa direito Juanfran, já disse que irá recorrer do castigo a Filipe Luís, que considera "desproporcional".

Os regulamentos disciplinares da RFEF consideram a suspensão de um a três jogos ou de até um mês para ações que configurem "atos violentos no jogo" e que "coloquem em risco", mas que não tenham "consequências danosas".

Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.