sicnot

Perfil

Desporto

Filipe Luís castigado com três jogos de suspensão após falta sobre Messi

O lateral esquerdo Filipe Luís, do Atlético Madrid, foi esta quarta-feira castigado com três jogos de suspensão, devido à expulsão no jogo frente ao Barcelona, depois de uma entrada duríssima sobre o futebolista argentino Lionel Messi.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Albert Gea / Reuters

Decorria o minuto 44 quando o defesa internacional brasileiro acertou de forma violenta no joelho esquerdo de Messi, numa jogada junto à linha lateral, o que originou de imediato a sua expulsão, num jogo que o Barcelona venceu por 2-1.

"A falta assustou-me", disse no final o técnico do 'Barça', Luís Enrique.

No jogo o Atlético Madrid acabou reduzido a nove jogadores, depois de também Diego Godin ser expulso no segundo tempo, aos 65 minutos, mas por duplo amarelo.

No castigo a Filipe Luís, a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) justificou os três jogos face a uma "especial gravidade" da falta.

O Atlético Madrid, que receberá o Eibar no próximo jogo da Liga e tem também castigado o defesa direito Juanfran, já disse que irá recorrer do castigo a Filipe Luís, que considera "desproporcional".

Os regulamentos disciplinares da RFEF consideram a suspensão de um a três jogos ou de até um mês para ações que configurem "atos violentos no jogo" e que "coloquem em risco", mas que não tenham "consequências danosas".

Lusa

  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Será este o "momento mais Ronaldo" de sempre?

    Desporto

    Cristiano Ronaldo é protagonista de mais um momento que corre nas redes sociais. Depois de marcar o sexto golo do Real Madrid frente ao Desportivo da Corunha, o jogador português ficou ferido no rosto e foi obrigado a abandonar o campo. Mas antes, mesmo com a cara ensanguentada, pediu um telemóvel com "espelho" para ver a extensão do corte. Há quem brinque com a situação, dizendo que Ronaldo levou a sua obsessão com a sua imagem a um novo nível, mas há também quem desvalorize a situação.

    SIC

  • Democratas aceitam compromisso para acabar com shutdown nos EUA

    Mundo

    Os senadores democratas aceitaram esta segunda-feira um acordo orçamental provisório que vai permitir acabar com a paralisação parcial do Governo federal dos Estados Unidos, situação conhecida como shutdown, anunciou o líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC