sicnot

Perfil

Desporto

Ricardo Costa vai defender Granada "até à morte"

O defesa-central português Ricardo Costa disse esta quarta-feira que chegou ao Granada, da liga espanhola de futebol, para o defender "até à morte" e que "é fabulosa" a possível estreia já diante do Real Madrid.

O jogador diz sentir-se fisicamente bem, depois de ter disputado três jogos na semana passada, e não afasta a possibilidade de se tornar no líder do Granada, referindo ser parte da sua "pesonalidade" e porque "no futebol há que dar a cara". (Arquivo)

O jogador diz sentir-se fisicamente bem, depois de ter disputado três jogos na semana passada, e não afasta a possibilidade de se tornar no líder do Granada, referindo ser parte da sua "pesonalidade" e porque "no futebol há que dar a cara". (Arquivo)

Paulo Duarte / AP

Ricardo Costa, que foi hoje apresentado pelo Granada, mostrou-se satisfeito por poder voltar a Espanha, depois de ter atuado na última época no futebol grego, que definiu como "menos competitivo".

O defesa-central, de 34 anos, comprometeu-se com o Málaga para o que resta desta temporada e para a próxima, depois de se desvincular do PAOK Salónica.

"Quando me chamaram do Granada, decidi logo que queria vir e foi tudo muito rápido", disse o internacional luso, que traçou como meta "trabalhar ao máximo para competir bem todos os dias".

Ricardo Costa adiantou que pretende transmitir toda a sua experiência e visão do futebol à equipa: "Venho para ajudar a equipa a alcançar os seus objetivos, que são jogar bem, ganhar partidas e dar alegrias aos adeptos."

O jogador diz sentir-se fisicamente bem, depois de ter disputado três jogos na semana passada, e não afasta a possibilidade de se tornar no líder do Granada, referindo ser parte da sua "pesonalidade" e porque "no futebol há que dar a cara".

"Todos sabem como sou, estive quatro anos no Valência e fui um dos capitães, porque o principal é defender o meu emblema. Vim para defender o Granada até à morte", sublinhou.

O central diz sentir-se "preparado" para jogar no domingo contra o Real Madrid, salientando que seria "fabuloso" poder estrear-se contra os 'merengues', numa partida que "todos querem jogar".

O presidente do Granada, Quique Pina, referiu que a equipa precisava de "experiência e liderança" e que a contratação de Ricardo Costa "é a ideal para conseguir essas coisas".

"Nenhum dos jogadores que contratámos vem em plano de estrela, porque sabem que este é um clube humilde e modesto, e que a humildade é a única coisa que faz com que cheguem a cumprir os seus objetivos", frisou.

Lusa

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada. Estas e outras notícias marcam a atualidade desta sexta-feira.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC