sicnot

Perfil

Desporto

Antigo presidente da Ferrari diz que "não há boas notícias" sobre Schumacher

O italiano Luca di Montezemolo, antigo presidente da Ferrari, disse esta quinta-feira, durante um evento organizado pelo jornal Quattroruote, que não tem "boas notícias" sobre Michael Schumacher, que sofreu um grave acidente de esqui em 2013.

(Arquivo)

(Arquivo)

Victor Caivano / AP

"Tenho constantemente notícias de Schumacher e, lamentavelmente, não são boas. Foi um enorme piloto, com quem partilhámos momentos humanos e profissionais. Mas a vida é estranha. Foi o piloto de maior êxito da Fórmula 1, só teve um acidente, em 1999, e não foi por culpa sua, mas sim nossa. Lamentavelmente, uma queda acidental com os esquis arruinou-o", disse Montezemolo.

Montezemolo, que foi presidente da Ferrari de 1991 a 2014, acrescentou que o piloto alemão não era um "esquiador temerário", e que "fora da pista sempre foi prudente, nomeadamente quando esquiava".

Lusa

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.