sicnot

Perfil

Desporto

Federação espanhola reduz castigo de Filipe Luís para um jogo

A Federação Espanhola de Futebol (RFEF) aceitou esta quinta-feira o recurso apresentado pelo Atlético Madrid e reduziu para apenas um jogo de suspensão o castigo imposto ao brasileiro Filipe Luis, que foi expulso frente ao Barcelona.

© Albert Gea / Reuters

Inicialmente, o organismo tinha decidido punir o lateral de 30 anos com uma pena de três jogos, por ter visto o cartão vermelho direto no clássico da 22.ª jornada do campeonato espanhola, devido a uma entrada muito dura sobre o argentino Lionel Messi.

O recurso apresentado pelos 'colchoneros' e a ausência no relatório do árbitro da gravidade da ação do jogador acabaram por atenuar a punição a Filipe Luís, que assim só vai falhar a receção ao Eibar, agendada para sábado, em jogo da próxima ronda do campeonato espanhol.

Em Nou Camp, decorria o minuto 44 quando o defesa internacional brasileiro acertou de forma violenta no joelho esquerdo de Messi, numa jogada junto à linha lateral, o que originou de imediato a sua expulsão, num jogo que o Barcelona venceu por 2-1.

"A falta assustou-me", disse no final o técnico do 'Barça', Luís Enrique.

No jogo o Atlético Madrid acabou reduzido a nove jogadores, depois de também Diego Godín ser expulso no segundo tempo, aos 65 minutos, mas por duplo amarelo.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC