sicnot

Perfil

Desporto

Leicester vence fora Manchester City por 3-1 na Liga inglesa

O Leicester assumiu-se este sábado como o mais credível candidato à conquista do título inglês de futebol, ao vencer por indiscutível 3-1 no estádio do Manchester City, reforçando a liderança do campeonato, à passagem da 25ª jornada.

© Reuters Staff / Reuters

Um 'bis' improvável do defesa alemão Robert Huth, aos 3 e 60 minutos, lançou a equipa sensação em Inglaterra para um triunfo que pareceu poder elevar-se á condição de goleada, pois o avançado argelino Riyad Mahrez também 'faturou', aos 48.

Em desvantagem no marcador desde o terceiro minuto, o Manchester City apenas conseguiu reduzir aos 87 minutos, por intermédio do avançado argentino Sergio Aguero, e os 'foxes' nem precisaram dos golos do avançado Jamie Vardy, melhor marcador da Liga, com 18 remates certeiros.

Os 'citizens', que poderiam ter apanhado o Leicester no topo da classificação em caso de triunfo na receção ao líder da prova, ficaram agora a seis pontos, e podem ser ultrapassados no segundo lugar pelo Tottenham e o Arsenal, que ainda não entraram em ação nesta ronda.

Na pior das hipóteses, isto é, se o Tottenham vencer hoje na receção ao Watford ou o Arsenal se impuser no domingo no estádio do Bournemouth, o Leicester ficará com cinco pontos de vantagem no comando e bem lançado para conquistar o primeiro título inglês, em 132 anos de história.

Lusa

  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.