sicnot

Perfil

Desporto

Piloto Álvaro Parente vence 12 horas de Bathurst

O piloto português Álvaro Parente (McLaren) venceu este domingo as 12 horas de Bathurst, na Austrália, a primeira prova da época do Intercontinental GT Challenge.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mike Hutchings / Reuters

O McLaren de Álvaro Parente, que fez equipa com Shane van Gisbergen e Jonathan Webb, saiu da 'pole-position' e manteve-se sempre na luta pela vitória, apesar de ter tido alguns problemas eletrónicos.

"Tivemos que suplantar algumas contrariedades típicas deste tipo de corridas (...). O meu segundo turno foi complicado, dado que nunca tive a oportunidade de rodar sem ninguém à minha frente e isso condicionava o ritmo, mas no final estávamos na posição que desejávamos", afirmou o piloto, citado pela sua assessoria de imprensa.

O piloto português admitiu ter sido bastante bom começar a época com um triunfo.

"Todos na equipa, a McLaren GT, estivemos num nível elevado, o que é de importância capital para que tudo corra bem numa corrida tão dura e exigente como esta. Penso que merecemos este triunfo e é uma excelente forma de principiar a época", rematou.

Após a 12 Horas de Bathurst, Álvaro Parente inicia a temporada do Pirelli World Challenge no Circuito das Américas, nos Estados Unidos, a 3 de março.

Lusa

  • Pelo menos 2 mortos em Guadalupe à passagem do furacão Maria

    Mundo

    A passagem na terça-feira do furacão Maria pelo arquipélago francês de Guadalupe, nas Caraíbas, provocou a morte de duas pessoas, indicou o governo. Em declarações à Rádio RCI, Eric Maire, delegado do governo, disse que um homem morreu devido à queda de uma árvore, e que outra pessoa foi encontrada morta junto ao mar.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.