sicnot

Perfil

Desporto

Campeões pelo Benfica em 1994 lembram conquista do título

O Benfica juntou esta quarta-feira, no Casino Estoril, os campeões portugueses de futebol da época 1993/94 para apresentar uma réplica da camisola que relançou os 'encarnados' na rota do título.

O Benfica recebe na terça-feira, às 19:45, o Zenit São Petersburgo, orientado pelo português André Villas-Boas.

O Benfica recebe na terça-feira, às 19:45, o Zenit São Petersburgo, orientado pelo português André Villas-Boas.

© Hugo Correia / Reuters

Uma cerimónia que também foi aproveitada para os jogadores jubilados nessa época cantarem os parabéns a uma das grandes figuras das 'águias', o esquerdino Fernando Chalana, que hoje comemorou 57 anos.

"É sempre bom rever amigos e pessoas ligadas a este grande clube. O Benfica tem memória e um passado glorioso", disse Chalana à agência Lusa, sensibilizado pelo apoio dos jogadores campeões em 1993/94.

Rui Costa, atual diretor para o futebol da SAD 'encarnada', lembrou o tempo em que foi campeão com a marca do Casimo Estoril estampada na sua camisola: "Venci uma Taça de Portugal em 1992/93 e o Campeonato Nacional em 1993/94. Esta camisola dá-me boas recordações."

E o antigo futebolista 'encarnado' ainda lembrou o facto de ter arrebatado os seus dois únicos títulos obtidos como jogador das 'águias' antes de ter iniciado a sua carreira no estrangeiro, na Fiorentina.

O vice-presidente Alcino António, um dos membros da direção benfiquista que esteve presente no evento, enalteceu o facto de o Benfica ser um clube com memória: "Nunca nos esquecemos dos antigos jogadores."

E revelou que os antigos futebolistas estão sempre convidados para irem ao Estádio da Luz verem os jogos do seu antigo emblema: "Nem precisam de ser convidados."

Lusa

  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor