sicnot

Perfil

Desporto

Dragões lideram histórico, com mais quatro triunfos que o Benfica

O FC Porto lidera o histórico do clássico futebolístico com o Benfica, ao ostentar 90 triunfos, contra 86 dos encarnados, em vésperas do 234.º embate e 164.º a contar para a I Liga portuguesa.

Toni, treinador campeão pelo Benfica em 1933/34, defende que "o Benfica cresceu muito desde o início da época, está moralizado e confiante".

Toni, treinador campeão pelo Benfica em 1933/34, defende que "o Benfica cresceu muito desde o início da época, está moralizado e confiante".

© Miguel Vidal / Reuters

Um golo de André André, aos 86 minutos do encontro da primeira volta, no Dragão, colocou os 'azuis e brancos' com uma vantagem de quatro vitórias, num 'duelo' que entrou empatado para a segunda década do Século XXI.

No final da temporada 2009/10, os dois clubes contavam cada qual 81 triunfos, mas, desde então, os portistas conseguiram nove e os benfiquistas apenas cinco, tendo-se registado ainda quatro empates, para um total de 57.

A vantagem global é portista, mas o Benfica 'manda' claramente no seu reduto, com o triplo dos triunfos (60 contra 20), uma vantagem de mais de 100 golos (227 contra 111) e supremacia em todas as competições.

Nos últimos anos, em que repartiram a maioria dos títulos nacionais, vários jogos entraram para a lenda, como o triunfo portista na Luz por 2-1 que selou o título de 2010/11, festejado às escuras e com água, ou o golo de Kelvin nos descontos que decidiu o título de 2012/13, no Dragão.

Depois disso, os 'encarnados' ripostaram, com realce para um triunfo por 3-1 caseiro, para a Taça de Portugal, já com 10 unidades, depois de um desaire fora por 1-0, a vitória fora nos penáltis, nas 'meias' da Taça da Liga, ou o triunfo por 2-0 dos 11 'Eusébios', na Luz, todos em 2013/14.

No total de um clássico que se joga há mais de 85 anos, desde o 3-0 para o Benfica, no Campo do Arnado, a 28 de junho de 1931, o FC Porto está agora na frente, com mais quatro vitórias, mas as 'águias' já lideraram confortavelmente.

Entre jogos da I Liga, Taça de Portugal, Taça da Liga, Supertaça e Campeonato de Portugal, o Benfica já somou mais 17 triunfos (61-44) e 70 golos (275-205), mas, após 1983/84, a tendência inverteu-se, com mais 21 vitórias portistas.

Neste período, os 'dragões' também marcaram mais 36 golos, sendo que, neste capítulo, ainda é o Benfica a comandar, e por uma margem clara (372 contra 338), tendo no 'rei' Eusébio o melhor marcador, com 25.

Em termos de I Liga, os 'azuis e brancos' somam já mais nove triunfos (64 contra 55), sendo que dominam de forma ainda mais clara na Supertaça (13-5) e tangencialmente no 'extinto' Campeonato de Portugal (4-3).

Por seu lado, o Benfica reina de forma vincada na Taça de Portugal, com 21 vitórias e apenas nove desaires (74-41 em golos), muito por culpa das finais - ganhou oito das nove disputadas, uma delas em pleno Estádio das Antas.

Quanto à 'jovem' Taça da Liga, os 'encarnados' também têm vantagem, já que venceram dois embates, incluindo um 3-0 na final de 2009/2010, e empataram um.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.