sicnot

Perfil

Desporto

Dragões vão à Luz na pior fase de uma época já muito madrasta

O FC Porto, terceiro classificado da I Liga de futebol, visita sexta-feira o Benfica na pior fase de uma época 'madrasta' para os 'dragões', nomeadamente após a sua primeira derrota no campeonato em casa e terceira na prova.

O embate entre encarnados e dragões tem início agendado para as 20:30.

O embate entre encarnados e dragões tem início agendado para as 20:30.

© Rafael Marchante / Reuters

A equipa que conta com José Peseiro aos comandos há menos de um mês, por troca com o espanhol Julen Lopetegui, tem mostrado dificuldade em impor-se de forma consistente, estando agora a seis pontos dos líderes Benfica e Sporting.

Os portistas sofreram duas derrotas nos últimos quatro jogos do campeonato, no reduto do Vitória de Guimarães (por 1-0, com Rui Barros ainda como técnico interino), e na última ronda (1-2), com o Arouca como 'carrasco'. O outro desaire acontecera à 15.ª ronda, em Alvalade (0-2).

Mas, não são só as três derrotas no campeonato que 'pesam' na cabeça e nas chuteiras dos 'dragões', pois nisto de confrontos entre 'gigantes' do campeonato há 'calcanhares de aquiles' que resultam de outras peripécias da época.

E, nesse aspeto, os portistas não têm a mesma força anímica, por contraponto, que o Benfica, que lidera a prova, ainda tem uma palavra a dizer nos oitavos de final da Liga dos Campeões e, ao contrário dos 'azuis e brancos', só não está capaz de disputar a Taça de Portugal.

Além da queda abrupta no campeonato, da despromoção quase inédita (com 10 pontos conquistados) para a Liga Europa e da despedida sem honra nem pontos da Taça da Liga (apesar de sempre menorizada pelo emblema), a verdade é que os portistas, em todas as provas, somam já oito derrotas, em pouco mais de meia temporada disputada.

Isto é, às três derrotas no campeonato (Sporting, Vitória de Guimarães e Arouca), há que juntar as perdas na Taça da liga (Feirense, Famalicão e Marítimo), assim como as duas vezes em que os portistas foram batidos na 'Champions' (Dínamo de Kiev e Chelsea).

José Peseiro terá, por isso, uma verdadeira prova de 'fogo' no próximo 'clássico', tendo em conta que pegou na equipa num momento crítico e ainda 'viu' piorarem as circunstâncias em termos de classificação, muito à custa desta última derrota caseira.

Com 41 golos marcados e 14 sofridos, a grande diferença entre 'dragões' e 'aguias' está, precisamente, na concretização (41 para 59 golos marcados do Benfica), já que ambos 'encaixaram' o mesmo número de tentos.

O 'poder de fogo' dos 'azuis e brancos' está centrado no camaronês Aboubakar (10 golos), o sucessor do colombiano Jackson Martínez, e no mexicano Corona (sete).

Os 'dragões' estão com claro défice de golos, tendo em conta os pontos perdidos na prova (nove pelas três derrotas e oito por quatro empates), mas não por falta de quem crie condições para serem marcados, pois tem brilhado no plantel o jogador com mais assistências no campeonato: o mexicano Miguel Layún, com 12 'ofertas', além dos dois tentos com a sua assinatura.

As saídas do espanhol Tello, do italo-argentino Pablo Osvaldo e do francês Imbula, assim como as entradas do sul-coreano Suk, do maliano Marega e de José Sá não revelaram, ainda, qualquer vantagem ou desvantagem nos planos que Peseiro tem para a equipa.

Ajustes que, à partida, não revelam a entrada de nenhum potencial titular, embora comprovem que o FC Porto estava mais necessitado de reforço na linha avançada.

E até o principal objetivo, reafirmado pelo técnico que substituiu Lopetegui, parece agora bem mais longe, tendo em conta o distanciamento face ao líder, o que ficará muito mais 'condenado' em caso de derrota na Luz.

Lusa

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • ERSE concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões euros a mais à EDP
    0:53

    País

    José Gomes Ferreira afirmou esta sexta-feira que a ERSE -Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões de euros a mais do que o necessário à EDP. Contratos que foram postos em prática em 2007 por Manuel Pinho, na altura ministro da Economia.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59