sicnot

Perfil

Desporto

Sunderland anuncia rescisão com Adam Johnson após confissão de assédio a menor

O Sunderland anunciou esta quinta-feira a rescisão "com efeitos imediatos" do contrato com o futebolista internacional inglês Adam Johnson, depois deste ter admitido as acusações de ter beijado uma menor e de a ter assediado através da internet.

Adam Johnson, que na sexta-feira ficará a conhecer a decisão do tribunal de Bradford sobre o caso, admitiu saber que a jovem era menor de idade, mas negou as outras duas acusações de atividade sexual com a rapariga, que, na altura dos factos, tinha 15 anos. (Arquivo)

Adam Johnson, que na sexta-feira ficará a conhecer a decisão do tribunal de Bradford sobre o caso, admitiu saber que a jovem era menor de idade, mas negou as outras duas acusações de atividade sexual com a rapariga, que, na altura dos factos, tinha 15 anos. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

"À luz dos factos relativamente aos quais já existiu um reconhecimento de culpa, o clube decidiu rescindir com efeito imediato o contrato com Adam Johnson", confirmou o clube, numa nota publicada na sua página na internet.

Adam Johnson, que na sexta-feira ficará a conhecer a decisão do tribunal de Bradford sobre o caso, admitiu saber que a jovem era menor de idade, mas negou as outras duas acusações de atividade sexual com a rapariga, que, na altura dos factos, tinha 15 anos.

Antigo jogador de Middlesbrough, Leeds, Watford e Manchester City, de 28 anos, Johnson foi detido a 2 de março de 2015, sob acusação de ter assediado uma rapariga de 15 anos entre 30 de dezembro de 2014 e 26 de fevereiro de 2015 - numa altura em que a sua mulher estava grávida - e de posteriormente a ter beijado.

O Sunderland, que o contratou ao City por 13 milhões de euros em 2012, suspendeu-o após a detenção, mas reintegrou-o depois de ter sido libertado sob fiança.

O fabricante de vestuário desportivo Adidas já tinha posto termo ao contrato de patrocínio com o jogador.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.