sicnot

Perfil

Desporto

Proença nega obrigatoriedade de utilizar jogadores chineses na II Liga

Proença nega obrigatoriedade de utilizar jogadores chineses na II Liga

O contrato de patrocínio da II Liga, assinado com a empresa chinesa Ledman, foi apresentado esta quinta-feira. Os valores do negócio não foram divulgados publicamente, mas a SIC apurou que o acordo tem um valor global de 4,1 milhões de euros e é válido para as próximas três épocas e meia. São 500 mil euros até ao final da presente temporada, mais 1,2 milhões por cada uma das épocas seguintes. Este acordo prevê também que 10 jogadores chineses e três treinadores adjuntos possam chegar à II Liga, mas Pedro Proença garante que não existe qualquer obrigatoriedade de utilizar os atletas.

  • Proença diz que acordo para II Liga supera patrocínios dos últimos 15 anos
    0:41

    Desporto

    O contrato de patrocínio da II Liga, assinado com a empresa chinesa Ledman, foi apresentado esta quinta-feira. Os valores do negócio não foram divulgados publicamente, mas a SIC apurou que o acordo tem um valor global de 4,1 milhões de euros e é válido para as próximas três épocas e meia. São 500 mil euros até ao final da presente temporada, mais 1,2 milhões por cada uma das épocas seguintes. Pedro Proença garante que este acordo vai beneficiar os clubes.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras