sicnot

Perfil

Desporto

Benfica pede fair-play aos adeptos na receção ao Zenit

O Benfica pediu hoje aos adeptos fair-play no jogo de terça-feira com os russos do Zenit São Petersburgo, dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, lembrando que o clube está com pena suspensa.

O Benfica recebe na terça-feira, às 19:45, o Zenit São Petersburgo, orientado pelo português André Villas-Boas.

O Benfica recebe na terça-feira, às 19:45, o Zenit São Petersburgo, orientado pelo português André Villas-Boas.

© Hugo Correia / Reuters

"É fundamental que os adeptos benfiquistas sejam sensíveis aos custos que eventuais comportamentos à margem do fair-play representam para o clube, bem como as consequências disciplinares que daí resultarão", refere uma nota divulgada no sítio dos bicampeões nacionais de futebol.

Em outubro do ano passado, a UEFA castigou o Benfica com um jogo à porta fechada, suspenso por dois anos, na sequência dos incidentes no jogo com o Atlético de Madrid (2-1), quando foram lançadas tochas e outros objetos das bancadas onde se encontravam os adeptos 'encarnados'.

Na informação divulgada hoje, o Benfica lembra que "está sob vigilância da UEFA" e que "qualquer deslize vai levar à interdição do estádio da Luz".

O clube encarnado pede aos adeptos que, além da utilização de engenhos pirotécnicos, evitem quaisquer incidentes que possam ser interpretados como manifestações racista.

O Benfica recebe na terça-feira, às 19:45, o Zenit São Petersburgo, orientado pelo português André Villas-Boas, em jogo da primeira mão dos oitavos de final, estando o segundo encontro agendado para 9 de março na Rússia.

Lusa