sicnot

Perfil

Desporto

São Paulo confirma empréstimo de Maicon

O São Paulo confirmou esta segunda-feira o empréstimo do defesa central Maicon, oriundo do FC Porto, até meio da época no Brasil, o final da temporada de futebol em Portugal.

(Arquivo)

(Arquivo)

ESTELA SILVA / Lusa

"É um sonho realizado. Quando recebi a notícia de que poderia jogar no São Paulo, aceitei imediatamente. Era um sonho que tinha, porque o São Paulo tem uma das equipas mais vitoriosas do Brasil. Estou orgulhoso com esta oportunidade e muito feliz. Quero honrar as cores do clube e ajudar na luta por títulos", disse o atleta ao site do clube.

O futebolista de 27 anos deixou o FC Porto depois do incidente protagonizado na derrota caseira 1-2 com o Arouca, em que depois de errar no lande do segundo golo arouquense acabou por abandonar o campo, alegadamente lesionado, sem esperar ou pedir substituição.

"Deixei Portugal com um perfil de campeão e chego a um clube que também tem este perfil. Gosto de conquistar títulos e isso pesou bastante na escolha pelo São Paulo. Luta sempre por troféus e quero fazer parte disso. Quero ajudar os meus companheiros e fazer parte de uma equipa ganhadora", completou o atleta que já fez exames médicos e está à disposição do treinador Edgardo Bauza.

Com Lusa

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.