sicnot

Perfil

Desporto

São Paulo confirma empréstimo de Maicon

O São Paulo confirmou esta segunda-feira o empréstimo do defesa central Maicon, oriundo do FC Porto, até meio da época no Brasil, o final da temporada de futebol em Portugal.

(Arquivo)

(Arquivo)

ESTELA SILVA / Lusa

"É um sonho realizado. Quando recebi a notícia de que poderia jogar no São Paulo, aceitei imediatamente. Era um sonho que tinha, porque o São Paulo tem uma das equipas mais vitoriosas do Brasil. Estou orgulhoso com esta oportunidade e muito feliz. Quero honrar as cores do clube e ajudar na luta por títulos", disse o atleta ao site do clube.

O futebolista de 27 anos deixou o FC Porto depois do incidente protagonizado na derrota caseira 1-2 com o Arouca, em que depois de errar no lande do segundo golo arouquense acabou por abandonar o campo, alegadamente lesionado, sem esperar ou pedir substituição.

"Deixei Portugal com um perfil de campeão e chego a um clube que também tem este perfil. Gosto de conquistar títulos e isso pesou bastante na escolha pelo São Paulo. Luta sempre por troféus e quero fazer parte disso. Quero ajudar os meus companheiros e fazer parte de uma equipa ganhadora", completou o atleta que já fez exames médicos e está à disposição do treinador Edgardo Bauza.

Com Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.