sicnot

Perfil

Desporto

Árbitro argentino morto a tiro por jogador a quem mostrou vermelho

Um jogo de futebol entre amadores, que se estava a disputar num bairro pobre de Córdoba, Argentina, terminou com o árbitro a ser morto a tiro por um jogador a quem mostrara o cartão vermelho.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Eric Gaillard / Reuters

Segundo o porta-voz da polícia de Córdoba, citado pela agência AFP, a morte ocorreu domingo e hoje o autor dos disparos continua em fuga, procurado pela polícia.

Quando César Flores, um árbitro de futebol amador, de 48 anos, expulsou o jogador, este foi ao seu saco buscar uma pistola e disparou vários sobre o árbitro, ferindo-o na cabeça, pescoço e tórax.

César Flores viria a morrer num hospital de Corboda, para onde também foi levado um dos jogadores daquela partida, ferido no tórax no tiroteio, em estado grave.

As situações de violência no futebol na Argentina são recorrentes e nos últimos três anos registam-se mais de 30 casos mortais.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.