sicnot

Perfil

Desporto

Benfica tenta dar primeiro passo rumo aos quartos de final da Champions

O Benfica recebe hoje o Zenit São Petersburgo, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando um resultado que lhe abra perspetivas para eliminar novamente a equipa russa nesta fase.

MIGUEL A. LOPES

A equipa 'encarnada' tenta qualificar-se pela terceira vez para os quartos de final, depois de ter ultrapassado os 'oitavos' nas duas únicas ocasiões em que atingiu esta fase no formato 'Champions', batendo o Liverpool em 2005/06 e o Zenit em 2011/12.

Na esteira do reencontro com a equipa de André Villas-Boas, que na época passada bateu o Benfica por duas vezes na fase de grupos, o bicampeão português tem vindo a atravessar a melhor fase da temporada, 'manchada' pela derrota em casa com o FC Porto (2-1), precisamente na última jornada da I Liga, que pôs fim a uma série de 13 jogos sem perder.

Ao invés, o Zenit não tem referências competitivas recentes, uma vez que o campeonato russo, no qual ocupa o sexto lugar, está parado desde dezembro, e o seu último encontro remonta a 09 do mesmo mês, dia em foi derrotado pelo Gent (2-1) na última jornada da fase de Grupo H da Liga dos Campeões, quando já tinha o primeiro posto assegurado.

Neste encontro, marcado para as 19:45, no Estádio da Luz, o Benfica vai continuar sem poder contar com Luisão, Lisandro e Fejsa, que recuperam de problemas físicos.

O Zenit, que se apresenta com os portugueses Danny e Luís Neto, o brasileiro Hulk (ex-FC Porto), o argentino Garay, o espanhol Javi Garcia e o belga Witsel (todos ex-Benfica), viajou para Lisboa sem os lesionados Malafeev, Fayzulin e Ryazantsev, todos por lesão.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05
  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00