sicnot

Perfil

Desporto

Pacquiao causa polémica ao dizer que "gays são piores do que animais"

O pugilista filipino Manny Pacquiao fez esta terça-feira um pedido de desculpas, nas redes sociais, pelos comentários anti-homossexuais proferidos numa entrevista televisiva.

A estrela internacional do boxe afirmou que as pessoas que integram relações homossexuais são "piores que animais", numa entrevista ao canal televisivo filipino TV5.

A estrela internacional do boxe afirmou que as pessoas que integram relações homossexuais são "piores que animais", numa entrevista ao canal televisivo filipino TV5.

© Janis Alano / Reuters

A estrela internacional do boxe afirmou que as pessoas que integram relações homossexuais são "piores que animais", numa entrevista ao canal televisivo filipino TV5.

Algumas celebridades conterrâneas de Pacquiao mostraram-se críticas em relação ao comentário, mas o pugilista reiterou que mantém a sua oposição ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Manny Pacquiao, de 37 anos, é membro da Casa dos Representantes filipina e candidato ao Senado.

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.