sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo recusa comentar penálti de Messi que deu golo a Suárez

Cristiano Ronaldo escusou-se esta terça-feira a comentar o penalti de Messi que deu o golo a Luis Suárez frente ao Celta, na Liga espanhola de futebol, e desvalorizou também a importância das amizades num plantel.

"Eu sei porque o Leo fez isso, mas não digo. Pensem o que quiserem agora", disse, comentando o penalti em que o argentino tocou para o lado para Suárez fazer novo golo no 'hat-trick' frente ao Celta (6-1), que permitiu ao uruguaio isolar-se como melhor marcador do campeonato com 23 golos contra os 21 do português.

"Eu sei porque o Leo fez isso, mas não digo. Pensem o que quiserem agora", disse, comentando o penalti em que o argentino tocou para o lado para Suárez fazer novo golo no 'hat-trick' frente ao Celta (6-1), que permitiu ao uruguaio isolar-se como melhor marcador do campeonato com 23 golos contra os 21 do português.

© Albert Gea / Reuters

"Eu sei porque o Leo fez isso, mas não digo. Pensem o que quiserem agora", disse, comentando o penalti em que o argentino tocou para o lado para Suárez fazer novo golo no 'hat-trick' frente ao Celta (6-1), que permitiu ao uruguaio isolar-se como melhor marcador do campeonato com 23 golos contra os 21 do português.

Em Roma, na antevisão da partida com a equipa local para a Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo refutou a teoria de que pode ser decisiva a amizade Messi-Suárez-Neymar no Barcelona quando comparada com o trio do Real Madrid que o luso completa com Bale e Benzema.

"Ganhei a Liga dos Campeões pelo Manchester United e não falava com o Scholes, Giggs ou o Ferdinand. Entrávamos em campo e tínhamos uma equipa estupenda e apenas dávamos os bons dias", justificou.

Cristiano Ronaldo assegura que não precisa "jantar" com Benzema ou Bale para atingir os objetivos: "O mais importante é dentro do campo sermos bons companheiros, saber o que estamos a jogar. Jantarinhos fora, abracitos e beijinhos não valem nada. O importante é fazer que a equipa vença".

Johan Cruyff discordou com quem acusou a dupla do Barcelona de ter cometido um gesto antidesportivo e de desrespeito perante o Celta, no que foi uma cópia do que o holandês fez em 1982 ao serviço do Ajax, neste casa fazendo tabela com companheiro e ser o próprio a marcar.

"Naquela época ninguém pensou em desrespeito. É futebol, diversão, um jogo. E é o que faz Messi, divertir-se e fazer com que as pessoas disfrutem. Como é pode ser falta de respeito face ao bom jogo que fez o Celta?", justificou.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.