sicnot

Perfil

Desporto

Rui Costa sétimo na primeira etapa da Volta a Omã

O português Rui Costa (Lampre-Merida) foi esta terça-feira sétimo classificado na primeira etapa da Volta a Omã em bicicleta, ao terminar os 145 quilómetros oito segundos depois do vencedor e primeiro líder, o luxemburguês Bob Jungels (Etixx-QuickStep).

(Arquivo)

(Arquivo)

© Yuya Shino / Reuters

Jungels atacou nos últimos dois quilómetros da tirada, que terminou em Al Bustan, e conseguiu seis segundos de vantagem sobre o belga Serge Pauwels (Dimension Data), segundo classificado, e oito sobre o primeiro grupo perseguidor, encabeçado pelo francês Romain Bardet (AG2R-La Mondiale) e no qual seguia o campeão do mundo de 2013.

Na classificação geral, Jungels lidera com 10 segundos de vantagem sobre Pauwels e 14 sobre Bardet, enquanto Rui Costa ocupa o sétimo posto, a 18.

Na quarta-feira, o pelotão da sétima edição da Volta a Omã vai enfrentar a primeira chegada em alto da prova, em Quriyat, no final dos 162 quilómetros da segunda etapa.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.