sicnot

Perfil

Desporto

Tiago recupera de fratura e não vê hora de voltar aos relvados

O internacional português Tiago, a recuperar de uma lesão grave e a pouco mais de quatro meses do início do Europeu de futebol, revelou sentir-se melhor a cada dia, apesar das dores da recuperação.

Futebolista português Tiago fraturou a tíbia da perna direita em novembro.

Futebolista português Tiago fraturou a tíbia da perna direita em novembro.

«Estou a melhorar, a cada dia sinto-me melhor, mas a verdade é que o tempo passa e o melhor ainda falta. Não vejo a hora de poder voltar ao relvado, estar e partilhar momentos com os meus companheiros», disse o médio ao sítio do Atlético Madrid.

Tiago, habitual opção na seleção portuguesa sob a orientação do selecionador Fernando Santos, lesionou-se com gravidade ao serviço dos 'colchoneros' a 28 de novembro, com uma fratura na tíbia da perna direita.

O jogador prossegue o seu plano de recuperação em Majadahonda, no complexo desportivo do Atlético Madrid, explicando estar a sentir-se bem, embora saiba estar longe do melhor, por não aguentar na tíbia muito peso do corpo.

«Uma recuperação longa é complicada. Vivemos um pouco das sensações que temos no dia-a-dia e há muita dor. Existem dias em que é difícil treinar, suportar a dor, mas, se pensarmos no conceito de semanas, a evolução é muito grande. Por isso, estou feliz», sublinhou o jogador.

Até à lesão, o médio, de 34 anos, era também opção fundamental na estratégia do técnico Diego Simeone, com 18 jogos disputados, 17 a titular, um golo e uma assistência.

De acordo com o fisioterapeuta do Atlético Madrid Dani Castro, o objetivo é que a perna lesionada «vá aguentando cada vez mais peso e a maior velocidade», antes de o jogador ser dado como recuperado.

Para o Euro2016, em França, no qual Portugal integra o grupo F, com Hungria, Áustria e Islândia, Tiago era um candidato natural a ser convocado, permanecendo a dúvida se recuperará a tempo e fará parte das escolhas do selecionador português.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas.