sicnot

Perfil

Desporto

Telma Monteiro foi operada e deve parar três meses

Telma Monteiro, a judoca portuguesa mais medalhada de sempre, foi hoje operada ao ligamento lateral interno do joelho esquerdo, estando prevista uma paragem de três meses, segundo revelou o Benfica.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Kai Pfaffenbach / Reuters

"Telma Monteiro já sorri, após operação. Para três meses e mantém-se focada nos objetivos para 2016. Força, campeã", sublinhou o clube 'encarnado', da qual a judoca faz parte do projeto olímpico, na sua rede social Facebook.

A judoca, cinco vezes campeã europeia e quatro vice-campeã mundial, lesionou-se na última semana, no estágio dos judocas lusos por ocasião do Grand Slam de Paris, um dos torneios mais conceituados do mundo e que Telma venceu já em duas ocasiões.

"Vou ser operada a menos de seis meses dos Jogos Olímpicos. Fiquei triste. Mas depois, apesar de tudo, ainda encontrei motivos para agradecer", salientou a judoca na terça-feira, no mesmo dia em que o Benfica comunicou a necessidade de cirurgia.

Na sua carreira, Telma Monteiro já esteve em três Jogos Olímpicos, em Atenas2004 (9.ª classificada) e em Pequim2008 (9.ª) e em Londres2012 (17.ª), ficando sempre aquém do seu estatuto de topo na hierarquia mundial.

Aos 30 anos e quando já conquistou quase tudo, num palmarés em que tem também um triunfo num Masters -- competição que no final da época reúne os mais bem classificados -, Telma Monteiro continua a objetivar uma medalha nos Jogos do Rio de Janeiro.

Atualmente a judoca do Benfica é quarta classificada nos -57 kg no 'ranking' mundial, uma posição perfeitamente elegível para o Rio2016 e quando se apuram as 14 primeiras em cada categoria, com cada país a poder qualificar apenas uma atleta.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57