sicnot

Perfil

Desporto

Leverkusen-Dortmund marcado por momento insólito do árbitro

O Borussia Dortmund manteve-se hoje na perseguição ao líder Bayern Munique, após vencer no terreno do Bayer Leverkusen, por 1-0. Mas o encontro da 22ª jornada do campeonato alemão de futebol destaca-se pela saída da equipa da arbitragem, a meio da partida.

O árbitro e o treinador do Leverkusen

O árbitro e o treinador do Leverkusen

© Ina Fassbender / Reuters

Depois do golo do gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, aos 64 minutos, que acabou por garantir o triunfo aos forasteiros, o árbitro Felix Zwayer e os seus assistentes abandonaram o relvado, alegadamente devido ao excesso de protestos por parte dos jogadores e equipa técnica da formação da casa.

O tento do Borussia Dortmund nasceu de um livre marcado rapidamente, quando alguns jogadores do Bayer Leverkusen ainda contestavam uma decisão de Zwayer.

Os protestos continuaram após os festejos dos forasteiros e, depois de expulsar o treinador Roger Schmidt, que se terá recusado a abandonar o banco, a equipa de arbitragem regressou subitamente aos balneários e o encontro esteve interrompido durante mais de 10 minutos.

O Dortmund, adversário do FC Porto na Liga Europa, acabou por confirmar o triunfo e manteve-se na segunda posição, a oito pontos do Bayern Munique, primeiro.

Por seu lado, o Bayer, rival do Sporting também na Liga Europa, caiu para já para o quarto lugar e depois mesmo terminar a ronda em quinto, caso o Schalke 04 vença na receção ao Estugarda.

Com Lusa

  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.