sicnot

Perfil

Desporto

Gilles Simon anunciado para o Estoril Open deste ano

O tenista francês Gilles Simon, 19.º classificado do 'ranking' mundial, vai participar na edição de 2016 do Estoril Open, anunciou hoje a organização da prova, que se vai realizar entre 23 de abril e 1 de maio.

(Arquivo)

(Arquivo)

Peter Dejong / AP

Simon, que já foi o sexto melhor tenista do mundo, é o primeiro do atual 'top-20' a ser anunciado para o elenco deste ano, que já integra o australiano Nick Kyrgios e João Sousa, o melhor português na classificação do ATP, na qual ocupa o 36.º lugar.

"Estou muito motivado para conhecer e jogar no novo clube onde se realiza o torneio, no coração do Estoril, e do qual me falaram bem", observou Gilles Simon, vencedor de 12 das 18 finais do circuito masculino que disputou, elogiando também a "gastronomia e a hospitalidade" portuguesas.

O francês, de 31 anos, compete em Portugal pela segunda vez, depois da participação na edição de 2009, na qual era oitavo colocado do 'ranking' mundial e primeiro cabeça de série, tendo sido derrotado nos quartos de final pelo espanhol Albert Montañes, que viria a conquistar o título.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.