sicnot

Perfil

Desporto

Sporting precisa de bater Boavista para repor vantagens na I Liga

O Sporting precisa de vencer hoje na receção ao Boavista, no encontro de encerramento da 23.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para repor vantagens sobre Benfica e FC Porto, que já ganharam.

Federico Gambarini

A formação 'leonina' soma os mesmos 55 pontos dos 'encarnados', vencedores em Paços de Ferreira por 3-1, no sábado, e mais três do que o FC Porto, que ganhou em casa ao Moreirense por 3-2, domingo, depois de estar a perder por 2-0.

Em caso de triunfo, o conjunto comandado por Jorge Jesus voltará a contar com três pontos à maior sobre o Benfica e seis face ao FC Porto, sendo que, em Alvalade, empatou dois dos últimos quatro jogos, vencendo os outros dois por 3-2.

Os 'leões' só sofreram, porém, uma derrota na prova, no reduto do União da Madeira (0-1), e seguem com oito jogos sem perder -- seis triunfos e as igualdades caseiras com o lanterna-vermelha Tondela (2-2) e o Rio Ave (0-0).

Por seu lado, o Boavista pertence ao quarteto -- com os 'leões', o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães -- que ainda não perdeu na segunda volta: soma três vitórias, duas delas em reduto alheio, e dois empates.

Apesar destes recentes bons resultados, o conjunto comandado pelo boliviano Erwin Sanchez segue ainda no 16.º lugar, apenas um acima da 'linha de 'agua', com 21 pontos, contra 19 da Académica e 10 do Tondela.

Em caso de triunfo, o Boavista saltaria para o 13.º lugar, ultrapassando Nacional, Moreirense e o União da Madeira, que igualaria pontualmente.

I Liga, 23.ª jornada:

- Sexta-feira, 19 fev:

União da Madeira -- Estoril-Praia, 1-1.

- Sábado, 20 fev:

Paços de Ferreira -- Benfica, 1-3.

Académica -- Rio Ave, 0-2.

- Domingo, 21 fev:

Vitória de Setúbal -- Nacional, 1-1.

Belenenses -- Arouca, 0-2.

Tondela -- Marítimo, 3-4.

FC Porto -- Moreirense, 3-2.

Sporting de Braga -- Vitória de Guimarães, 3-3.

- Segunda-feira, 22 fev:

Sporting -- Boavista, 20:00 (SportTV).

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à União Europeia e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta dos partidos para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido qualquer perdão de dívida, ao contrário do que os partidos mais à esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.